Lívia Andrade abre o jogo sobre sua saída do SBT


© SBT


Lívia Andrade falou pela primeira vez nesta quinta-feira (15) sobre sua saída do SBT. Em uma entrevista para Otaviano Costa no “OtaLab”, do UOL, a apresentadora falou sobre o fim da sua parceria com a emissora de Silvio Santos. Antes da demissão em outubro, ela ficou meses fora do ar.





VOCÊ VIU? Globo pega todos de surpresa e anuncia fim do “Zorra”

Com barrigão de 7 meses, Talita Younan mostra casa nova

Luciana Gimenez se hospeda em resort de luxo na Tanzânia

Confira as estreias de outubro no Studio Universal

Lívia revela que não estava satisfeita com os rumos do programa que apresentava, “Fofocalizando” que passou a ser “Triturando”. “Quando eu saí do ar, que eu levei uma suspensãozinha meio esquisita, eu saí e falei: ‘E agora? Será que quando eu voltar eu vou me sentir bem com isso?'”, contou Lívia. “Eu sentei naquele palco e tava esquisito, o programa começou a mudar de nome, ficar mais tempo no ar”.

Segundo ela, a situação foi ficando cada vez menos confortável. “Começou a descer uma ladeira. Tava estranho, não tava gostoso. E eu não sei disfarçar”.

O próprio Silvio Santos passou a dialogar com ela sobre a situação. “Ele tava vendo que eu não tava feliz. E me deu um alívio. Não tava legal, eu acho que eu também não estava atendendo às expectativas dele”, contou sobre o momento em que saiu do ar de vez.



Apesar da sua saída, ela garante que continua amando a emissora. “Eu tenho esse vínculo emocional com o SBT e tenho esse carinho com toda a família e especialmente com o Silvio Santos”, explicou, e ainda completou. “A única coisa que eu gostaria de ter feito era de ter me despedido dele”.