Luana Piovani comenta diferença de idade com novo namorado


© Instagram


Luana Piovani abriu o jogo sobre o relacionamento com o novo namorado, Ofek Malka. Após ser questionada por uma seguidora nas redes sociais sobre a diferença de idade com o rapaz, de 33 anos, a atriz, de 42 anos, fez questão de dar uma resposta.

VOCÊ VIU? Claudia Leitte mostra 1ª foto da filha após dar à luz

Gustavo Mioto e Thaynara OG terminam o namoro

Reynaldo Gianecchini mostra bastidores de tiro em “Dona”

Tata Werneck se desculpa com empresário de Chrystian e Ralf

“Não aprendeu nada com o primeiro? Pegando um mais novo ainda? Tomara que não seja imatura igual ao outro”, comentou a seguidora.





Sem papas na língua, a famosa retrucou: “Ele que me pegou, ‘frô’. E eu estou namorando, não vou casar e ter filho, não, que esse sonho eu já matei. Agora é namorar até morrer”.

 

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Youtube

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”