Luana Piovani detona Pedro Scooby: “Não me agregava”


© Instagram


Luana Piovani usou as redes sociais, nesta quarta-feira (12), para escrever um longo desabafo sobre o momento que está vivendo. Ao exibir sua nova tatuagem, e enumerar as razões que têm para ser grata, a atriz aproveitou para detonar o ex-marido, Pedro Scooby.





VOCÊ VIU? Namorada sobre morte de Rafael Miguel: “Só queríamos ser livres”

Xuxa revela ter sido assediada por diretor da Globo: “Quatro vezes”

Internautas vibram com notícia sobre episódio do “MasterChef”

Mauro Naves pode ser demitido após vazamento de conversa do caso Ney

“Porque tive coragem de mudar de país e me livrar de um companheiro que não agregava, mesmo estando em um momento delicado de adaptação e limitações físicas”, escreveu.

E continuou: “Porque sigo tendo coragem de dizer o que penso sem medo do que vão pensar de mim. Porque o verão europeu está chegando e meus biquínis novos também! Como não ser grata?”.

Em outro trecho, a loira relembrou momentos difíceis de sua trajetória. “[…] Porque sempre nadei contra a correnteza e apesar de ter tomado caldos pelo caminho, o destino que alcancei é muito mais rico que o destino que o ‘rebanho’ reside. Porque farei 43 anos bem vividos e bem contados, com 3 filhos saudáveis e lindos (viva a elevação da genética!), porque sou linda, porque sou meiga e porque sou uma menina com uma flor”, afirmou.

Vale lembrar que desde que Scooby assumiu o namoro com Anitta, na semana passada, Luana tem usado as redes sociais para alfinetar o novo casal. A Atriz, inclusive, contou que ficou sabendo do romance pela internet.

View this post on Instagram

Entao a @marizaseitatattoo me pergunta: Por que GRATIDAO Luana? Porque eu venci Mariza! E sigo vencendo!!🎖Porque desde muito menina sempre me foram oferecidos os caminhos mais “curtos” e “faceis” e eles nunca me interessaram. Porque sempre nadei contra a correnteza e apesar d ter tomado caldos pelo caminho, o destino que alcancei é muito mais rico que o destino q o “rebanho” reside.Porque farei 43 anos bem vividos e bem contados, com 3 filhos saudaveis e lindos( viva a elevaçao da genetica!), porque sou linda, porque sou meiga e porque sou uma menina com uma flor🌸(V.M.) Porque tive coragem de mudar de país e me livrar dum companheiro que nao agregava, mesmo estando num momento delicado d adaptaçao e limitaçoes fisicas. Porque sigo tendo coragem de dizer o que penso sem medo do que vao pensar de mim… Porque o verao europeu ta chegando e meus bikinis novos tambem!!!👙👑😍 Como nao ser grata??! #venividivici #receba #ubuntu😎 #tattoo #cicatrizescolhidas #dedosriscados #beiçomolhado #galega👱🏻‍♀️ #coragem #eupossoeuqueroeuvoufazer #amorsófazcontademultiplicação❤ #orestoéresto🚮 Aos que escolheram na vida a ingratidao, o desrespeito, meu “desole” 🤷🏼‍♀️ #escolhas #consequencias⏳

A post shared by Luana Piovani (@luapio) on

 

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Youtube

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”

  • © Instagram

    Luana Piovani começou sua carreira em 1990, como modelo. Três anos depois estrou na TV em “Sex Appeal”, da Globo. Além de ter feito muitas novelas na emissora carioca, em 2011 protagonizou a série vencedora do Emmy Internacional, “A Mulher Invisível”