Mara Maravilha destaca a maternidade aos 52 anos de idade


© Divulgação


Mara Maravilha, aos 52 anos de idade, é só felicidade com o atual momento de sua vida. A apresentadora do SBT e o marido, Gabriel Torres, de 31 anos, adotaram, recentemente, o primeiro filho do casal, Benjamin, de 2 anos, após uma longa espera na fila de adoção.





VOCÊ VIU? Babu Santana revela que não voltaria ao “Big Brother Brasil”

Intérprete de Ross projeta reunião de ‘Friends’ após 16 anos

Cleo Pires pede atenção para distúrbio alimentar na pandemia

Andréa Beltrão volta a fazer novela na Globo após 20 anos

Em entrevista para “Quem”, Mara Maravilha falou sobre a sua rotina com o filho em tempos de pandemia. A apresentadora contou que aproveita cada dia com Benjamin.

“Todo dia tem sentido para mim, nenhum dia é em vão. Agora sei o que é viver… Independentemente do que aconteceu, tudo valeu a pena. O Benjamin ainda dorme no quarto comigo e com o Gabriel porque é muito pequeno, mas tem o quarto dele montado, lindo, todo decorado. Tive tempo para ver tudo do Benjamin nos mínimos detalhes. Tirei licença-maternidade e uni o útil ao agradável. Mas a gente tem que trabalhar também”, comentou.

Mara Maravilha explicou como foi o primeiro encontro com Benjamin, revelando que se apaixonou pela criança logo de cara. A apresentadora também disse que o marido, Gabriel Torres, é bastante presente na criação do filho.



“Na primeira vez que vimos o Benjamin foi amor à primeira vista. Porque quando a assistente social nos ligou, já estávamos há quase quatro anos na fila da adoção. O céu se abriu para a gente quando ela falou: ‘mãe, esse é o filho de vocês’. Foi muito tempo de adaptação, porque ele estava com meses quando o conhecemos. Quando o Benjamin veio para casa, nós nos conscientizamos que nós mesmos íamos cuidar dele. Temos uma pessoa de muita confiança que está comigo há mais de 20 anos, mas quem cuida do Benjamin somos nós, os pais. O Gabriel cuida mais que eu. Eu limpo cocô, dou banho, troco de roupa, dou comidinha, mas não consigo ficar muito tempo com ele no colo porque tenho um problema no nervo ciático. O Benjamin tem uma rotina muito disciplinada, ele tem o soninho da manhã, o da tarde. Quem bota para nanar é o Gabriel”, contou.