Márcia Goldschmidt desenvolve estresse pós-traumático; entenda


© Instagram


Márcia Goldschmidt abandonou as telinha e se mudou para Portugal, onde vive atualmente com a família. A apresentadora se afastou do trabalho para cuidar da filha, Yanne, que tem uma doença rara no fígado, a Atresia de Vias Biliares, e acabou desenvolvendo estresse pós-traumático por medo de perder a herdeira – de 6 anos, gêmea de Victoria.





VOCÊ VIU? Confinada em “A Fazenda”, Andréa Nóbrega tem contas bloqueadas

Climão? William Waack voltará a gravar com Cris Dias

Anitta vive ‘affair’ com dançarina que já se relacionou com Scooby

Gabigol curte festa com Anitta após ‘briga’ com Rafaella Santos

“Até hoje ainda qualquer coisa que acontece com ela me assusta e me apavora. Eu sofro de estresse prós-traumático, uma síndrome muito conhecida, mas muito difícil de ser controlada. Mesmo que o perigo eminente tenha desaparecido, você continua em estado de alerta constante, como se ainda estivesse vivendo a situação”, contou à revista “Caras”.

E detalhou: “O cérebro não desliga, a pressão sobe, a insônia e a ansiedade atacam. Não é fácil. É preciso uma força sobrenatural para ser mãe de uma criança que corre risco de morte. É preciso muito fé para acreditar que haverá amanhã e, sobretudo, é preciso muita luz para continuar inteira”.

A veterana sente saudades de ser apresentadora e do Brasil, apesar de não pensar em voltar. Contudo, seu foco é a maternidade. “Em Portugal, meus últimos sete anos têm sido dedicados exclusivamente à maternidade. Foi um desafio que a vida me apresentou. Nunca passei por um período tão difícil, tão desafiador, tão apavorante e tão enriquecedor ao mesmo tempo”, avaliou.