Márcia Goldschmidt processa hospital por cirrose da filha


© Divulgação


De passagem pelo Brasil, Márcia Goldschmidt revelou ao “Balanço Geral”, da Record, nesta terça-feira (24), que vai processar o hospital português onde nasceram suas filhas gêmeas. Isso porque uma das crianças, Yanna, desenvolveu uma doença e acabou perdendo o pulmão.

VOCÊ VIU? Ana Maria com câncer e tiros em casa de famosos; veja mais!

Fraude no “The Voice” e morte de artistas; veja os destaques

Com 190kg, Mamma Bruschetta fará cirurgia bariátrica

Aos 53 anos, morre atriz Solange Badim

A apresentadora, que atualmente mora em Portugal com a família, engravidou aos 50 anos após uma fertilização in vitro. “As meninas nasceram prematuras de seis meses, ficaram três meses na UTI neonatal. Durante esse período, a Yanne contraiu uma infecção hospitalar”, lembrou.

“A menina não precisou de um transplante porque a mãe dela teve uma gravidez tardia, tanto que a Vitória não precisou de nada. Ela precisou de um transplante porque foi infectada no hospital. A demora do diagnóstico dos médicos levou à cirrose.”

Sobre o processo, a veterana garantiu que nunca pensou em deixar o assunto ‘quieto’: “Estamos processando. Uma pessoa com a minha personalidade não poderia agir diferente. Se não seria falso, porque as pessoas acreditam que eu sou e eu não seria”.

Quem salvou a vida de Yanne foi o filho mais velho de Márcia, James, de 23 anos. O Jovem doou parte de seu fígado para a irmã. “Ele está ótimo, o fígado dele já está normal, já cresceu, já regenerou”, garantiu a apresentadora.



Close sidebar