“Medo de morrer”, diz Pituxita após acusar marido de agressão


© Instagram


Ana Paula Almeida, mais conhecida como Pituxita, contou que tem vivido um pesadelo desde que conseguiu uma ordem restritiva contra o marido, na última quarta-feira (17). A ex-Paquita contou que tudo começou após um caso de infidelidade de Roberto Barbosa.

VOCÊ VIU? Campeã do “BBB 19”, Paula é indiciada por intolerância religiosa

Ex-Globo se demite de cargo em Ministério: “Preservar a saúde”

Palmirinha cai no choro ao reencontrar Ana Maria Braga na TV

Ex de Neymar é questionada por ter babá para cuidar do filho

“Desde que reatamos, ao longo da volta, houve alguns episódios em que peguei algumas traições dele, como conversas no celular e ele marcando encontro com mulheres. […] Ele ficou descontrolado. Nunca imaginei que ele fosse chegar a ponto de me jogar e me fazer cair em cima de vários tijolos da obra que estamos fazendo na nossa casa. Me machuquei inteira e pedi ajuda aos homens da obra. Eles viram tudo e não me ajudaram! Ainda gritei: ‘isso é feminicídio, me ajudem a levantar’. Não pensei quando gravei o vídeo, estava só com medo de morrer”, relembrou em entrevista à revista “Quem”.





De acordo com o “Notícias da TV”, o veterano teve que sair de casa e cumprir a decisão da juíza Cintia Souto Machado de Andrade, do 7° Juizado de Violência Doméstica do Rio de Janeiro, de manter 100 metros de distância da esposa.

Caso desrespeite qualquer uma dessas ordens, poderá ter sua prisão preventiva decretada, sob pena de até dois anos de detenção.

Vale lembrar que Pituxita havia usado as redes sociais, um dia antes, para denunciar Barbosa. Na ocasião, a loira surgiu com a boca cheia de sangue e o braço machucado. “Hoje eu vim aqui falar uma coisa que não é muito legal, mas eu quero levantar a bandeira da mulher. Eu, infelizmente, não vivo aquele sonho de fadas que me pareceu. Eu só quis tornar isso público porque eu preciso que vocês parem de se acuar”, disse.