Monica Iozzi é condenada indenização ministro em R$ 30 mil


© TV Globo


Monica Iozzi é uma das poucas artistas que não se priva de dar sua opinião quando o assunto é política. Pois a língua afiada lhe custou caro. A atriz foi condenada a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.

VOCÊ VIU? Monica Iozzi critica intolerância e defende Sabatella

O juiz entrou com uma ação contra a ex-apresentadora do “Vídeo Show” por danos morais após a artista publicar uma foto de Mendes com uma faixa de proibido e associar sua imagem à prática de crimes de violência social após o veterano conceder um habeas corpus dado ao médico Roger Abdelmassih – acusado de estuprar dezenas de mulheres em seu consultório.

“Se um ministro do STF faz isso, nem sei o que esperar”, comentou na ocasião.

O juiz que analisou o processou afirmou na sentença que a ex-CQC pode expressar sua opinião, mas não pode “violar a dignidade, a honra e a imagem ” do ministro.

Fora do ar desde fevereiro, a atriz será protagonista da série “Vade Retro”. Criada pelos autores de “Os Normais”, o projeto estreia em 2017.



Close sidebar