Mulher acusa Flordelis de caso com seu marido; pastora nega


© Instagram


Ex-frequentadora da igreja de Flordelis, Débora Vilela afirmou que seu casamento com Anderson Mello chegou ao fim após descobrir que o marido vivia um romance com a pastora. O rapaz em questão, assessor de gabinete da famosa, teria assumido para a ex-esposa o caso extraconjugal.

LEIA TAMBÉM: Saiba quem é quem no remake de “Pantanal”

A fila andou? Flordelis chama rapaz de “amor” em vídeo; veja

Confira o antes e depois do elenco de “Da Cor Do Pecado”

“Foi logo depois que eu procurei a igreja para tentar recuperar o meu casamento que estava passando por uma crise. Mesmo indo à igreja, não estava dando certo. E vi que ele estava muito próximo a ela. Nos finais dos cultos, eu ia embora para casa e ele continuava na igreja. Foi aí que descobri que ele realmente estava com a Flordelis. Ficou feio para ela, feio para o Ministério”, afirmou Débora ao colunista Leo Dias.

A esposa traída ainda contou que tinha uma relação próxima com a religiosa e até passou a frequentar a casa dela após o assassinato de Anderson do Carmo, marido de Flordelis – que é acusada de ser a mandante do crime. “Assim que o pastor morreu, houve uma aproximação. Começamos a frequentar a casa dela. Todo mundo se afastou, mas acreditávamos na inocência dela. Tanto que continuamos frequentando a igreja dela também.”

Débora Vilela ainda garantiu que o romance de Flordelis e Anderson Mello, seu ex-companheiro, teve início há três anos e dura até hoje.

O outro lado

Flordelis, por sua vez, negou qualquer envolvimento amoroso com seu assessor de gabinete. “Eu jamais ficaria com um homem casado. Essa não é a minha conduta. Jamais destruiria uma família”, assegurou a Leo Dias.

A famosa ainda deixou claro acreditar que Débora estava sendo paga para divulgar a história. “Ela está mentindo e nem sei o porquê de ela querer fazer isso. Nem imagino o quanto ela está ganhando para falar mentiras sobre a minha pessoa. Até porque o Anderson está separado dela e sou uma mulher viúva, ou seja, não teria problema algum se nós estivéssemos juntos.”

A religiosa ainda informou que o rapaz está em outro relacionamento. “Anderson namora há mais de dois anos com outra e ela sabe disso. Ela deveria estar preocupada com essa mulher e não com a Flordelis”, alfinetou.

Além de negar o caso com Mello, a pastora também assumiu seu namoro com Allan Soares, um produtor artístico 35 anos mais jovem que ela.

(Flordelis e o novo namorado, Allan Soares)

O crime

Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato de Anderson do Carmo, seu então marido, e responde por homicídio triplamente qualificado – por motivo torpe, emprego de meio cruel e de recurso que impossibilitou a defesa da vítima -, tentativa de homicídio e uso de documento falso e associação criminosa.

Pastor Anderson foi morto com mais de 30 tiros, em 16 de junho de 2019, na garagem da casa onde morava com a cantora. Ao todo, cinco filhos e uma neta da famosa estão presos pelo crime. Oficialmente, Flordelis aponta a filha Simone dos Santos Rodrigues como a mandante de tudo.



Close sidebar