Músico surge desfigurado após assalto: “Disseram que iam me matar”


© Instagram


Joshua T. Merello usou as redes sociais, na última segunda-feira (1), para revelar que foi assaltado e agredido. O músico surgiu com o rosto desfigurado e com machucados pelo corpo ao relatar os momentos de tensão que viveu.





VOCÊ VIU? Débora Nascimento tenta romance com ator famoso após separação

Anitta tenta patrocínio de empresa de bebidas para clipe com Madonna

Acabou: Ex-BBBs Gleici e Wagner terminam namoro

Excluída de reunião, Mara Maravilha desabafa sobre Xuxa e Eliana

“Isso não parece a vida real. Fui assaltado e agredido no fim de semana. Eu estava estacionado, sentado no banco do motorista, com o carro ligado e pronto para ir para casa. Dois homens se aproximaram do meu carro, abriram as duas portas e começaram a me bater. Eles me atingiram de ambos os lados. Eles me deram socos no rosto, pescoço, costelas, peito, em todos os lugares”, contou.

E continuou: “Eles me sufocaram e me jogaram para fora do carro. Aconteceu tão rápido que eu nem consegui me defender. A única coisa que consegui dizer foi: ‘O que vocês querem?’. Eles me jogaram no chão e continuaram me batendo. A última coisa que eles disseram foi que iam me matar antes de partirem com meu carro, meu telefone e quase todo o meu equipamento de música”.

Para finalizar, o artista desabafou sobre a revolta de passar por uma situação como essa. “Estou tão irado e triste, e passando por emoções para as quais não tenho palavras. O fato de as pessoas poderem tratar outro ser humano dessa maneira me enoja em um nível inteiramente novo. No entanto, esse tipo de coisa acontece todos os dias em todo o mundo.



Eu legitimamente pensei que ia ser morto por essas duas criaturas patéticas. Mas eu estou aqui. Eu estou vivo. E eu não deixarei esses monstros me definirem e nem marcarem o resto da jornada da minha vida”, afirmou.

View this post on Instagram

This doesn’t feel like real life. I was mugged and carjacked over the weekend. • I was parked, sitting in the drivers seat, engine on, ready to go home. Two men snuck up to my car, pulled both doors open, and started beating the shit out of me. They hit me from both sides. They punched me in the face, neck, ribs, chest, everywhere. They choked me and threw me out of the car. It happened so quickly that I couldn’t even defend myself. The only thing I could manage to say was, “What do you want?” They threw me to the ground and kept hitting me. The last thing they said was, “We’re going to kill you” before they drove off with my car, my phone, and nearly all of my music equipment. • I’m so unbelievably angry and sad and going through emotions I don’t have words for. The fact that people can treat another human being this way disgusts me on an entirely new level. Yet this kind of thing happens everyday all over the world. • I legitimately thought I was going to be killed by these two pathetic excuses of humans. But I’m here. I’m alive. And I will not let these monsters define me and the rest of my life’s journey.

A post shared by Joshua T. Merello (@joshua_t_merello) on