Neta de Nicete Bruno é furtada em restaurante: “Situação horrorosa”


© Facebook


Vanessa Goulart usou seu perfil do Facebook, na noite da última quinta-feira (10), para relatar o furto que sofreu algumas horas antes, em um restaurante de uma grande rede, na cidade de São Paulo.





Neta de Nicete Bruno, a atriz disse que teve sua bolsa levada por um casal na região central da capital.

“Estava almoçando com uma amiga e chegou um casal bem vestido, aparentemente acima de qualquer suspeita, de óculos escuros, ele com uma mochila. Sentou atrás de mim, abriu a mochila, pegou a minha bolsa, que era enorme, e levou embora. Saiu calmamente e saiu em direção à avenida São João”, contou ela.

A moça explicou que só sabe dos detalhes da ação porque assistiu às imagens das câmeras de segurança do estabelecimento.



“Eu não vi tudo isso. Eu estava de costas e só vi que minha bolsa não estava lá. Fui ver as imagens no Centro de Operações do ‘Habib´s’ e são impressionantes. Você vê a cara de pau, o profissionalismo, o jeito ninja de roubar, que me fez pensar que isso pode ser uma quadrilha”, acredita ela.



Vanessa também desabafou sobre a questão burocrática envolvendo o incidente.

“Tentei pegar as imagens e eles disseram que preciso de uma autorização do juiz. As imagens são muito claras, o rosto deles aparece bastante no final. Parece mesmo uma quadrilha, de um profissionalismo absurdo. Fui a uma delegacia na rua Aurora, estava muito cheia e aconselharam a ir a outra. Fui na da alameda Glete e chegando lá hoje não conseguiríamos fazer o B.O. [boletim de ocorrência]. Fiz pela internet e acho que deu tudo certo. Me informaram que em até 24 horas entram em contato.”

Por fim, a artista disse que vive com a sensação de insegurança no País.

“É uma situação horrorosa, você como cidadão, como ser humano, se sente devastado. Minha bolsa tinha minha vida: celular, chave de casa, da empresa, cartão pessoal, cartão da empresa, milhões de coisas. Resolvi fazer este vídeo para dividir com vocês esta situação da nossa polícia, da nossa vida cotidiana, e alertar para que a gente fique atento a este tipo de coisa. Além do dano material, causa um dano emocional muito grande”, concluiu.