Pai de Maisa aciona polícia após mensagens pornográficas


  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Twitter
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram


Celso Andrade, pai de Maisa Silva, comentou a respeito dos ataques que a atriz mirim vem recebendo nas redes sociais recentemente. O genitor da jovem confirmou que a família tomará medidas judiciais para reverter o caso.

VOCÊ VIU? Maisa Silva sofre novo ataque na web e desabafa: “Monstros”

“Acionamos o Facebook, conversamos com nosso advogado e já fizemos a nossa parte com a polícia”, afirmou ao jornal “Extra”.

Andrade garantiu ainda que a garota está lidando bem com a situação.

“Não sei de onde ela tem uma cabeça tão boa. Não tem como evitar, a gente sabe que pode acontecer outras vezes e vai tomando as providências necessárias”, completou.

Menos de um mês depois de ser ameaçada de morte por internautas, Maisa foi alvo de comentários indevidos no dia 14 de junho. Na ocasião, algumas pessoas pediram para ela fazer um filme pornô quando completasse 18 anos.

“O que é isso? Que a Justiça veja isso, eu sou menor de idade e estão solicitando pornografia com o meu nome. Que absurdo! Sério, esses monstros são humanos?”, disparou.

Revoltada, a atriz ainda destacou: “Eu espero que vocês paguem bem caro por esse ato de ódio. Eu estou sem palavras, que monstruosidade! Quem vai chorar é você ao acertar as contas com a Justiça. Tudo o que vai, volta e a vida vai te cobrar. Estou passada. Eles querem que eu chore, mas eu não vou me abalar. Minha fé está depositada em Deus e são eles quem vão chorar”.

As mensagens pediam para que a adolescente e sua colega do SBT, Larissa Manoela, participassem de filmagens sexuais e ainda ironizavam: “Quando vão lançar o primeiro ‘pornozão’?”, postou um internauta. “Me diz quando vai sair para eu ir ver”, acrescentou outro. “Já imagino vocês duas juntas”, disse um terceiro.



Close sidebar