Polêmica! Veja tatuagens de famosos que deram o que falar


  • © Instagram

    Muitos famosos amam tatuagens e sempre que podem fazem um ‘rabisco’ novo na pele. Mas nem sempre o resultado fica como o planejado antes de fazer a visita ao estúdio de tattoo.

    Bruna Marquezine, por exemplo, chegou a ser notícia ao trocar a palavra “grateful” – “grato”, em português – por “greatful”. A intenção da atriz era escrever “Respire, seja grato, seja gentil” no corpo, mas o erro a fez virar piada na web.

    Veja, a seguir, as tatuagens de famosos que deram o que falar!

  • © Instagram

    A troca da palavra “grateful” – “grato”, em português – por “greatful” fez Bruna Marquezine ser detonada na web. Quanta maldade!

  • © Instagram

    Bruna Marquezine também virou assunto ao tatuar “Estou com fome”, em francês, no braço

  • © Instagram/Channel 4

    Amanda Seyfried resolveu fazer uma tatuagem com suas amigas, Rachel McDowall e Ashley Lilley, e causou polêmica. Isso porque elas escreveram “Minge” no corpo, termo usado para “vagina” em inglês

  • © Instagram

    Ashley Greene cometeu um erro ortográfico ao tatuar “Life’s a dream” – “A vida é um sonho”, em português – no pé. O tatuador da famosa esqueceu do apóstrofo, o que deixou a frase errada

  • © Instagram

    Bárbara Evans tentou homenagear a mãe, Monique, ao tatuar “Mãe, minha rainha”, mas a tipografia da tattoo foi criticada pelos internautas, que enxergaram um “b” no lugar do “r”. Três dias depois de feito, a ex-“Fazenda” começou o processo de remoção do rabisco

  • © Instagram

    Biel virou piada ao tatuar um coração com asas, perfurado por um punhal. Segundo internautas, o desenho parece um “pênis voador”

  • © Instagram

    Britney Spears pretendia escrever “Misterioso” em mandarim na cintura, mas por erro do tatuador agora a cantora tem tatuada a palavra “Estranho”

  • © AgNews

    Em 2013, no Rock in Rio, Caio Castro resolveu mesclar dois desenhos e se tatuar. O ator eternizou o rosto de Mickey e uma caveira mexicana em seu braço. O famoso tatuador Ami James não concordou com a arte na época e precisou ser convencido a marcar o brasileiro

  • © Instagram

    Giovanna Lancelotti e Caio Castro resolveram trocar provas de amizade e tatuaram “muso” e “musa” – como sempre se trataram – em árabe. Depois, descobriram que a frase escrita, na verdade, significa “Eles estão te observando”

  • © Instagram

    Chris Brown criou uma polêmica ao tatuar um rosto desfigurado de mulher em seu pescoço. Na época, fãs de Rihanna acreditaram que o desenho seria o rosto da cantora – que foi espancada pelo cantor em 2009

  • © Instagram

    David Beckham quis homenagear a esposa, Victória, ao tatuar seu nome em sânscrito na parte interna do braço, mas acabou escrevendo “Vihctoria” por erro de ortografia

  • © Instagram

    Firmino tatuou a frase alemã “Familie unaufhorliche Liebe” – “Família, amor sem fim”, em português. No entanto, o certo seria “bedingungslose Liebe”

  • © Instagram

    Hayden Panettiere também errou na ortografia na hora de fazer uma tatuagem. A loira queria escrever nas costas “Vivere senza rimpianti”, mas colocou um “i” a mais e ficou “Vivere senza rimipianti”. A frase italiana em questão quer dizer “Viver sem remorsos”

  • © Instagram

    Harry Styles resolveu homenagear seus fãs brasileiros e tatuou a palavra “Brasil” em sua coxa

  • © Instagram

    Jessie J tatuou na cintura “Don’t loose who you are in the blur of the stars” – “Não perca quem você é no borrão das estrelas”, em português –, frase de sua música, “Who You Are”. O problema é que o tatuador colocou um “o” a mais na palavra “lose”

  • © Instagram

    Justin Bieber queria tatuar o ano de nascimento da mãe, 1976, em número romanos, mas errou ao escrever os números separados, “I, IX e V”. O certo, no caso, seria “MCMLXXVI”

  • © Instagram

    Michelle Heaton tem o nome “Hugh” e a palavra “Faith” – “fé”, em português –, além de uma borboleta e três corações no pulso. O problema, no entanto, é que o seu tatuado não tinha uma mão tão firme e deixou os rabiscos tremidos

  • © Instagram

    Uma tatuagem um tanto quanto estranha é a que Miley Cyrus fez para celebrar a primeira vez que estampou a capa da revista “Rolling Stone”. A cantora tatuou o nome da publicação na sola dos pés

  • © Instagram

    Mike Tyson não economizou na polêmica e tatuou um desenho tribal no rosto

  • © Instagram

    Neymar Jr. tatuou o rosto do filho, Davi Lucca, com uma de suas poses ‘polêmicas’. No desenho, que foi eternizado em seu braço, o herdeiro aparece com o dedo na boca pedindo ‘silêncio’

  • © Instagram

    Petra Mattar tem em seu braço uma tatuagem de si mesma, como pin up

  • © Instagram

    PC Siqueira dividiu opiniões quando resolveu tatuar toda a parte superior de seu antebraço de preto

  • © Instagram

    Preta Gil tem um par de olhos tatuado na região do cóccix

  • © Instagram

    Aos 14 anos, Poliana Abritta tatuou – sem a autorização dos pais – uma orquídea antiga na panturrilha. Quando estreou na TV, o desenho chamou atenção dos telespectadores, que inclusive fizeram apostas para descobrir o que era, até que a apresentadora revelou o real desenho

  • © Instagram

    Rafaella Santos, irmã de Neymar Jr., foi duramente criticada ao tatuar seu próprio rosto no braço

  • © Instagram

    Rihanna queria tatuar “Flor rebelde” em francês, mas por um erro acabou com “Rebelde flor” em seu pescoço

  • © Instagram

    Rodrigo Godoy homenageou Preta Gil, mas há quem diga que ele a deixou parecida com Maisa Silva. O famoso tatuou o rosto da cantora no braço e muitos internautas só enxergaram a apresentadora mirim

  • © Instagram

    Tati Quebra Barraco virou alvo de piada ao fazer uma tatuagem com erros de português, falta de pontuação e acentos. No trecho bíblico que tatuou na costela, o “mas” foi trocado por “mais”, além de ter esquecido do acento agudo em “verás”

  • © Instagram

    Tom Veiga, o intérprete de Louro José, foi criticado pela então esposa após tatuar o rosto da amada com referências de La Catrina, personagem da cultura mexicana, popular na festa do Dia dos Mortos. Alessandra Veiga chegou a comentar publicamente que “odiou” o desenho por “não cultuar a morte”