Prefeito de SP quer dar nome de Boechat a espaço público na cidade


© Facebook


Bruno Covas, o prefeito de São Paulo, revelou, nesta semana, que pretende fazer uma homenagem a Ricardo Boechat em algum local público da cidade. O político contou suas intenções ao comparecer ao velório do jornalista, no Museu da Imagem e do Som (MIS), na capital paulista, na última terça-feira (12).

VOCÊ VIU? Ricardo Boechat iria receber prêmio das mãos de Silvio Santos

Henrique e Juliano cancelam show após homem morrer no palco

Delegacia inicia investigação por supostos atos racistas no “BBB 19”

Vozes inesquecíveis! Conheça os dubladores de personagens famosos

“Vamos buscar um espaço para homenageá-lo na cidade de São Paulo para que a gente possa mostrar o exemplo que ele era para as futuras gerações. Vamos consultar a família para ver se eles aceitam esta homenagem”, disse ao “Uol”.





E continuou, ao ressaltar a importância do comunicador para o País: “Era uma grande referência não apenas ao jornalismo, mas para todos nós. É uma perda para a democracia. Ele colocava o dedo na ferida e apontava os erros a serem corrigidos”.

Vale lembrar que Boechat morreu, na última segunda-feira (11), após o helicóptero em que estava ser obrigado a fazer um pouso forçado e se chocar contra um caminhão, na região do Rodoanel, em São Paulo.

  • © Instagram

    Ricardo Boechat nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 13 de julho de 1952

  • © Instagram

    O jornalista era casado com Veruska Seibel desde 2005, com quem teve duas filhas: Valentina e Catarina

  • © Instagram

    Além disso, Boechat também era pai de Paulo, Bia, Rafael e Patricia – frutos de sua união com Claudia Costa de Andrade

  • © Instagram

    O veterano começou sua carreira no Jornalismo na década de 1970, como repórter do extinto jornal “Diário de Notícias”

  • © Instagram

    Boechat teve passagem pelo jornal “O Globo”, em 1983

  • © Instagram

    Em 1987, o jornalista ocupou a secretaria de Comunicação Social no governo Moreira Franco. Contudo, retornou para “O Globo” em 1989

  • © Instagram

    Ricardo Boechat conquistou três prêmios Esso – o principal reconhecimento do meio jornalístico

  • © Instagram

    O apresentador estreou um quadro de opinião no “Bom Dia Brasil”, da Globo, em 1997

  • © Instagram

    O jornalista deixou a Globo em junho de 2001

  • © Instagram

    Aos 66 anos, Ricardo Boechat era âncora do “Jornal da Band”, principal noticiário do canal, e mantinha uma atração diária na BandNews FM