Presidente do Miss EUA renuncia após vazamento de mensagens


© Twitter


Sam Haskell, presidente da organização do Miss Estados Unidos, renunciou ao cargo depois do vazamento de e-mails com declarações misóginas referentes a participantes do concurso, no último sábado (23).

VOCÊ VIU? Sheila Mello ‘volta’ ao É o Tchan: “Com muito orgulho”

Aos 34 anos, ator de “Escrava Mãe” luta contra câncer

Dony De Nuccio assumirá comando do “Fantástico”

Tirulipa divide internautas com piada inusitada com Tiririca

Nas mensagens, o veterano usou palavras degradantes e de cunho sexual ao se referir às candidatas. Segundo o jornal “The Huffington Post”, o veterano chegou a comentar sobre o suposto aumento de peso de uma das jovens, que foi chamada de “pedaço de lixo”, além de comentários sobre a vida sexual dela.

Ainda de acordo com a publicação, foi aberta uma “investigação a fundo sobre as supostas comunicações inadequadas e a forma como foram obtidas”. Cerca de 49 ex-misses Estados Unidos se posicionaram contra a atitude de Haskell, solicitando o seu afastamento e o de todos os envolvidos.

Apesar de reconhecer o ‘erro’, o ex-presidente declarou através de seu Twitter, na sexta-feira (22), que as acusações são “desonestas” e “enganosas”.



Close sidebar