Príncipe Philip deixa R$ 226 milhões a três funcionários


© Instagram/The Royal Family


Príncipe Philip mostrou ser generoso até na hora de sua morte. O marido da Rainha Elizabeth II resolveu recompensar em seu testamento os funcionários que estiveram ao seu lado nos últimos anos. Por essa razão, o veterano deixou nada menos que R$ 226 milhões para os assessores.

LEIA TAMBÉM: Viúva faz ocorrência para descobrir paradeiro da aliança de MC Kevin

Val Marchiori perde recurso e terá de indenizar herdeiros de Mr. Catra

Brad Pitt consegue guarda compartilhada dos filhos na Justiça

De acordo com o jornal “The Sun”, os tais empregados dividirão o valor, que, em libras, atinge a faixa de 30 milhões.

“Ao contrário de alguns outros membros da realeza, Philip foi generoso com os três homens que cuidaram dele. Isso inclui seu secretário particular, brigadeiro Archie Miller Bakewell, seu pajem, William Henderson, e o criado pessoal, Stephen Niedojadlo”, contou uma fonte à publicação.

O maior percentual do patrimônio do veterano, porém, ficou com a esposa, Rainha Elizabeth.

Os netos também receberam sua parte, que não foi divulgada. Inclusive, acredita-se que o príncipe Harry – que vem causando mal-estar ao revelar os bastidores da Família Real – também tenha sido mantido no testamento.

“Philip não era o tipo de personagem que pune um neto por se comportar mal. Ele era um homem muito justo, imparcial e adorável. Nunca guardou rancor”, completou a fonte.

Príncipe Philip morreu aos 99 anos de idade, no dia 9 de abril deste ano, depois de enfrentar problemas de saúde atribuídos à idade.










Close sidebar