Priscila Pires e ex-marido abrem o jogo e trocam acusações


  • © Divulgação
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © Instagram
  • © AgNews


Bruno Andrade, ex-marido de Priscila Pires, comentou pela primeira vez a respeito do suposto abuso sexual cometido por João Reis, atual companheiro da morena, contra seus filhos – de 4 e 5 anos. O empresário revelou que até as autoridades aconselharam a ex-BBB a manter as crianças longe do namorado.

VOCÊ VIU? Ex acusa Priscila Pires de forjar mensagens com ameaças

Priscila Pires se defende de ataques e mostra ameaças de ex

Filhos de Priscila Pires foram abusados, conclui delegado

Mischa Barton sobre divulgação de sex tape: “Muito difícil”

“Estou há 8 meses defendendo meus filhos no processo, onde ela foi aconselhada, durante toda a investigação, pelo afastamento deste homem. Por juízes, advogados, promotor, desembargador… Eu só quero afastá-lo dos meus filhos para protegê-los. Somente isso”, afirmou ao “Fofocalizando”, do SBT.

O antigo esposo da famosa ainda destacou: “Ela pode se relacionar com quem bem entender. Isso não me afeta em nada. Me afeta a parte dos meus filhos. A quem ela está protegendo, é uma opção e problema dela. Só estou no meu intuito de proteger meus filhos”.

Por fim, Andrade ressaltou estar fazendo o que julga ser melhor para os herdeiros: “O meu caráter é inabalável. As minhas atitudes são corretas como pai. O que meus filhos esperam de mim, eu estou fazendo”.

O outro lado

Priscila Pires também deu sua versão a respeito das acusações. A ex-BBB afirmou que, em 2016, o ex-companheiro – com quem acertou dividir as férias das crianças – sumiu com os pequenos. “Decidimos isso na Justiça para termos uma relação harmoniosa com elas, mas ele pegou as crianças e não me devolveu mais. […] Eu fui na casa, no trabalho dele, liguei várias vezes, mandei milhões de mensagens, mas ele não me respondia.”

A moça, então, resolveu buscar ajuda das autoridades. “Eu fui à delegacia e fiz um boletim de ocorrência. Nós avisamos o juiz que ele tinha desaparecido com meus filhos. As autoridades determinaram a devolução deles, senão, ele seria preso. Eles [a família de Bruno] foram ao conselho tutelar e fizeram todo esse circo [acusação de abuso sexual contra João Reis].”

A ex-participante do reality show da TV Globo também assegurou que quis se certificar sobre o bem-estar dos herdeiros. “Depois das acusações, eu fiz questão de passar meus filhos por psicóloga do conselho, por uma particular e pela do fórum, além de laudos médicos. Fiz tudo o que era preciso ser feito, e todos [os resultados de abuso] deram negativos”, garantiu.

Priscila também justificou ter se mantido em silêncio por tanto tempo, uma vez que a denúncia foi feita em setembro do ano passado. “Meus filhos vão crescer e pesquisar seus nomes na internet, encontrando esses absurdos que o pai vem fazendo sem necessidade. A gente poderia ter uma relação super legal, nunca neguei nada. Se fosse verdade, as crianças não estariam mais comigo.”

Por fim, a morena afirmou temer as ações de Bruno Andrade. “Estou preocupada e com medo. Já procurei a proteção da polícia, pois nós vemos muitos casos assim na internet e eu preciso me preocupar mesmo. Não sei do que ele é capaz, mas eu não deixarei de lutar”, completou.



Close sidebar