Regiane Alves revela o desejo de fazer nova vilã na TV


© Instagram


Regiane Alves interpretou duas vilãs nas novelas de Manoel Carlos e teve uma grande repercussão diante do público. Em 2000, viveu a ambiciosa Clara de “Laços de Família”. Com o sucesso da personagem, interpretou Dóris, a neta que maltratava os avós em “Mulheres Apaixonadas”. A atriz revelou que tem vontade de viver uma nova vilã nas telinhas.





VOCÊ VIU? Maria Fernanda Cândido analisa papel em “A Força do Querer”

Katy Perry e Orlando Bloom compram mansão de R$ 79 mi na CA

Luciano Szafir grava projeto piloto para canal no YouTube

Filha de José Wilker revela projeto para homenagear o pai

“Fiz a Dóris com 20 e pouquinho. Assim como a Clara (de “Laços de família”). Hoje, aos 42, tenho outra bagagem. E isso, claro, reflete na minha composição. Aos 40, a Clara ou a Dóris seriam muito mais malvadas (gargalhadas). Amaria fazer uma outra vilã, uma bem ruim mesmo, que não mede os seus atos. Estou pronta para esse papel”, ressaltou, em entrevista ao jornal Extra.

Com os folhetins novamente no ar, na Globo e no VIVA, a atriz está tendo a oportunidade de acompanhar seus personagens nas tramas de Maneco. “É uma personagem [Dóris] que atinge diretamente o telespectador. As pessoas duvidam que alguém possa fazer as coisas que ela faz e diz, mas Dóris é real, poderia ser uma vizinha, um parente… Acho que é por isso que ela não se perdeu no tempo”, analisou Regiane.

A atriz relembrou uma das cenas mais esperadas pelo público na época da primeira exibição de “Mulheres Apaixonadas”, onde a jovem leva uma surra de cinto do pai, interpretado por Marcos Caruso. “Eu entendi a magnitude da Dóris no dia dessa gravação, quando olhei para o estúdio e as pessoas que trabalhavam na produção entraram para assistir à sequência. Até quem não precisava estar ali. Elas queriam ver a Dóris levando aquele corretivo”, pontuou.



  • © TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo
  • © Divulgação/TV Globo