Relembre famosos que começaram a carreira artística no rádio


  • © TV Globo

    O rádio chegou ao Brasil em setembro de 1922, há 98 anos! Esse meio de comunicação foi o responsável por revelar grandes estrelas da cultura nacional.

    VOCÊ VIU? Cauã Reymond conta segredo para vencer ansiedade na quarentena

    Beyoncé passa férias em iate de R$ 10,7 milhões por semana

    Confira o antes e depois dos galãs de Hollywood dos anos 90

    Fernanda Paes Leme ensina como lidar com términos de namoros

    Fausto Silva, o Faustão, por exemplo, iniciou sua trajetória como repórter do Rádio Centenário de Araras, em São Paulo, aos 14 anos de idade. O jornalista passou pela Rádio Cultura, Rádio Record, Jovem Pan, além da Rádio Globo.

    Confira, a seguir, famosos que iniciaram suas carreiras no rádio!

  • © Divulgação/TV Globo

    Atualmente, Faustão é um dos maiores apresentadores da televisão brasileira. O artista comanda o “Domingão”, da Globo, há três décadas

  • © Divulgação

    Logo aos 15 anos de idade, Hebe Camargo começou a cantar na Rádio Tupi. Com a sua irmã Stella e duas primas, formou o quarteto Dó-Ré-Mi-Fá, na década de 40. Além de sua importância no rádio, participou das festividades para receber equipamentos da primeira emissora brasileira, a Rede Tupi, e foi a primeira mulher a ter um programa na TV

  • © Divulgação

    Hebe Camargo se consagrou como uma das maiores apresentadoras do SBT, até sua morte, em 2012

  • © SBT

    Silvio Santos garantiu a profissão de radialista na Rádio Guanabara, no Rio, ainda adolescente. O dono do SBT era ambulante antes de chamar atenção pela sua marcante voz

  • © Instagram

    Silvio Santos é considerado atualmente o maior apresentador da televisão brasileira, e comanda o seu programa desde 1963

  • © Record

    Britto Jr. começou como repórter na Rádio Independência de Caxias, no Rio Grande do Sul, em 1979, logo após terminar a faculdade de jornalismo

  • © Instagram

    Após passagens pelo “Hoje Em Dia” e “A Fazenda”, da Record, Britto Jr. atualmente não possui trabalhos na televisão ou no rádio

  • © Divulgação

    Laura Cardoso iniciou a carreira em radionovelas, aos 15 anos, na Rádio Cosmos, de São Paulo

  • © TV Globo

    Laura Cardoso é, atualmente, uma das atrizes mais consagradas da TV brasileira. Recentemente, esteve no elenco de “A Dona do Pedaço” (2019), da Globo

  • © TV Globo

    Serginho Groisman encarou a apresentação de programas na Rádio Bandeirantes, logo após terminar a faculdade de jornalismo. Foi em 1988, na TV Gazeta, que ele começou a aparecer nas telinhas

  • © Instagram

    Serginho Groisman é o apresentador do “Altas Horas”, da TV Globo, desde 2000

  • © TV Globo

    Galvão Bueno iniciou a carreira de radialista em 1974, na Rádio Gazeta

  • © TV Globo

    Há quase 40 anos na Globo, Galvão Bueno é considerado um dos mais importantes nomes do jornalismo esportivo

  • © Divulgação

    Celso Portiolli teve passagens por emissoras do Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e São Paulo, após iniciar sua carreira no rádio, em 1984, aos 17 anos

  • © SBT

    Atualmente é um dos apresentadores do SBT mais consagrados e queridinhos do patrão, Silvio Santos

  • © Divulgação

    Milton Neves teve o primeiro contato com o rádio entre os 16 e 17 anos de idade. Foi em 1967, contudo, que estreou na Rádio Continental

  • © Band

    Milton Neves atualmente é um dos maiores jornalistas esportivos da Band e, até hoje, faz sucesso no rádio.

  • © SBT

    Raul Gil iniciou a carreira no rádio bem cedo, e foi com a ajuda de Hebe Camargo que conseguiu uma oportunidade na TV Paulista, em 1957, em um show de calouros

  • © SBT

    O apresentador está no comando do “Programa Raul Gil” desde 1973 – atualmente no SBT

  • © TV Globo

    Lima Duarte era uma espécie de ajudante geral no rádio, antes de se tornar ator de radionovelas

  • © TV Globo

    O veterano se consagrou um dos maiores atores da televisão, com dezenas de folhetins em seu currículo

  • © TV Globo

    Otaviano Costa iniciou a carreira no Rádio Jovem Pan, em São Paulo, ainda quando jogava vôlei profissionalmente

  • © TV Globo

    Após se aventurar em novelas, comandou por 5 anos o “Vídeo Show”, da Globo, e retornou ao rádio. Desta vez, na Rádio Globo. Porém, o artista segue com seus projetos na TV

  • © TV Globo

    Dono de uma voz grave, Cid Moreira imortalizou sua maior característica iniciando sua carreira como locutor da Rádio Difusora de Taubaté, na década de 40

  • © Divulgação

    O veterano se tornou o primeiro âncora do “Jornal Nacional”, da TV Globo, em 1969

  • © TV Globo

    Ronald Golias ganhou destaque na Rádio Cultura após fazer sucesso com apresentações aquáticas no Clube Regatas Tietê, em São Paulo, onde acrescentava diálogos para enriquecer o espetáculo

  • © SBT

    Golias protagonizou a “Escolinha do Golias”, de 1990 a 1997, no SBT, entre outros papéis humorísticos na televisão. O ator faleceu em 2005

  • © Divulgação

    Carlos Alberto de Nóbrega começou a carreira de humorista escrevendo quadros para um programa na Rádio Nacional, em São Paulo

  • © SBT

    Carlos Alberto de Nóbrega comanda “A Praça É Nossa”, do SBT, desde 1987

  • © Divulgação

    Cauby Peixoto trabalhava como comerciante até decidir participar de um show de calouros na Rádio Tupi. O sucesso foi tanto que conseguiu se tornar dirigente de programas na emissora, antes da carreira como cantor

  • © Divulgação

    Após muitos sucessos na música, Cauby Peixoto faleceu em 2016

  • © Divulgação

    José Luiz Datena iniciou a carreira como radialista em sua cidade natal, Ribeiro Preto, em São Paulo

  • © Instagram

    Atualmente, Datena apresenta o “Brasil Urgente”, da Band

  • © TV Globo

    Janete Clair iniciou a carreira como escritora de radionovelas na década de 50

  • © Divulgação

    Na década de 60, a autora se tornou responsável por escrever novelas de grande sucesso da TV Globo, como “Irmãos Coragem” (1970) e “Selva de Pedra” (1972). Faleceu em 1982, vítima de um câncer no intestino

  • © TV Globo

    Moacyr Franco começou a carreira aos 17 anos, ao ganhar um concurso de canto na Rádio Difusora de Uberlândia

  • © TV Globo

    Moacyr Franco se consagrou com papéis de humor na televisão ao longo dos anos

  • © Divulgação

    Nair Bello iniciou a carreira como atriz de radionovelas, na Rádio Excelsior, na década de 40

  • © TV Globo

    Após consagração na TV, Nair Bello faleceu, em 2007