Relembre os clubes e os gols de Maradona na carreira


  • Diego Maradona © Divulgação

    Os fãs de todo o mundo se despedem de Diego Armando Maradona, que morreu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos de idade, após uma parada cardíaca em sua casa, em Tigre, na Argentina. Ao longo da carreira, o ex-atleta acumula clubes importantes, gols, títulos e muitas polêmicas.

    VOCÊ VIU? Morre Seu Francisco, pai de Zezé di Camargo e Luciano

    Gisele Bündchen e marido alugam casa de R$ 407 mil mensais

    Elenco de “Órfãos da Terra” comemora conquista do Emmy 2020

    Beyoncé lidera indicações ao Grammy 2021

    Nascido em 30 de outubro de 1960, o histórico meia-atacante argentino deixou seu nome na história o futebol, sem brechas para ser esquecido algum dia. Ao todo, ele marcou 346 gols em 679 partidas, entre clubes e seleção, e a nas mais diversas competições

  • Diego Maradona © Divulgação

    Durante a primeira passagem pelo Boca Juniors (1981-82), Maradona anotou 28 gols em 40 jogos, mantendo a média de 0,7 gol por partida disputada

  • Diego Maradona © Divulgação

    Antes de Lionel Messi, Maradona representou a argentina no Barcelona (1982-84), com 38 gols feitos em 58 aparições, com média de 0,65 gol por jogo

  • Diego Maradona © Divulgação

    De 1984 a 1991, Maradona desembarcou na Itália para fazer história com a camisa do tradicional Napoli. Em 259 partidas, balançou as redes em 115 oportunidades

  • Diego Maradona © Divulgação

    O argentino passou pelo Sevilla, Newell’s Old Boys, e voltou ao Boca Junior em 1995, onde ficou até 1997. Sua segunda passagem foi bem mais curta, com apenas 31 jogos, mas que foram o suficiente para que o meia-atacante marcasse mais sete gols com a camisa amarela e azul

  • Diego Maradona © Divulgação

    Ícone incontestável da albiceleste, Maradona fez 91 partidas vestindo a camisa da Seleção Argentina entre os anos de 1977 e 1994, nos quais marcou 34 vezes, sendo oito nas quatro Copas do Mundo nas quais defendeu seu país, sendo que um deles é constantemente considerado como o mais bonito da história da competição

  • Diego Maradona © Divulgação

    Nas quartas de final da Copa do Mundo de 1986, mesmo jogo em que marcou um dos gols mais bonitos da história das Copas, Maradona fez também um dos gols mais lembrados do mundo: La Mano de Dios

  • Diego Maradona © Divulgação

    O primeiro gol da vitória argentina por 2×1, aos seis minutos do segundo tempo, foi de Maradona, com a mão. O camisa 10 saiu correndo e comemorando, dizendo para seus companheiros fazerem o mesmo para que o árbitro não invalidasse o lance, e deu certo, mesmo com a reclamação dos ingleses

  • Diego Maradona © Divulgação

    Ao final da partida, Maradona disse: “Lo marqué un poco con la cabeza y un poco con la mano de Dios” (“Marquei um pouco com a cabeça e um pouco com a mão de Deus”), como ficou conhecido o gol