Repórter da Globo é empurrada pelo prefeito do Rio de Janeiro


© TV Globo


Larissa Schmidt, repórter da TV Globo, foi empurrada pelo prefeito do Rio de Janeiro, ao fazer uma pergunta em uma coletiva de imprensa, na última quinta-feira (11). A jornalista teve um questionamento seu recusado, e ainda foi obrigada a ouvir vários ataques de Marcelo Crivella contra a emissora carioca.





VOCÊ VIU? “BBB 19”: Hariany empurra Paula durante discussão: “Vou ser expulsa”

Namorado de Fátima dá fora em ministra após ser chamado de lindo

Patricia Abravanel decide quem vai substitui-la durante licença

Marina Ruy Barbosa debocha de supostas críticas de Lilia Cabral

“Dá licença, eu não quero mais falar com vocês. É um direito que eu tenho, vamos falar para cá”, disse.

E não parou por aí: “O que a Globo quer é dinheiro em sua propaganda, o que ela quer é que a gente possa fazer uma festa do Carnaval carioca, para ela vender por R$ 240 milhões, com a prefeitura pagando tudo”.

Tudo começou durante a coletiva sobre as fortes chuvas que castigaram o Rio de Janeiro, no início desta semana. O político acusou o canal carioca de perseguição. “É impressionante como a Rede Globo faz campanha contra o Rio. Não é contra mim, não. A cidade não está parada. É a televisão que anuncia o tempo todo os problemas do Rio, que faz drama sobre coisas corriqueiras que acontecem desde que eu nasci aqui”, afirmou.



Ao ouvir a declaração, Larissa perguntou se o político considerava as chuvas “dramas corriqueiros”. O questionamento desagradou Crivella, que começou os ataques.



Vale lembrar que o prefeito é sobrinho do bispo Edir Macedo, dono da Record TV.