Revista “Playboy” deixará de ser vendida nas bancas


© Divulgação


A “Playboy” não será mais vendida em bancas de jornal. A editora que comprou os direitos de publicação da revista no Brasil há dois anos confirmou o novo modelo de circulação.

VOCÊ VIU? Morre ex-diretor da Globo, Toninho Drummond; veja destaques!

Noiva defende Thammy Miranda: “Meu macho”

“BBB”: Patrícia sobre Gleici: “Parto a cara dela num soco”

Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

“A PBB Editora Ltda informa que reduzirá a publicação da edição imprensa a um exemplar de colecionador por ano – que será on demand, ou seja, números limitados impressos por encomenda”, informou em comunicado enviado à imprensa.

A empresa ainda disse que a edição com coelhinhas na capa foi a última impressa ainda no antigo modelo: “Assim sendo, a edição de verão, lançada no final de 2017, põe fim a era da revista na banca e abre espaço para empenharmos nosso trabalho em outras frentes”.

Marcos de Abreu, presidente da marca, disse que as mudanças se devem à crise: “A ‘Playboy’ é uma marca com várias décadas, mas também dos tempos atuais. O mercado de revistas impressas atravessa uma crise sem precedentes ao redor do mundo e necessita de uma readequação ao mundo digital junto aos leitores e anunciantes”.



Close sidebar