Roberto Carlos perde ação contra dono de imobiliária pela segunda vez


© AgNews


Roberto Carlos perdeu a ação que move contra um empresário da Paraíba, dono de uma imobiliária na cidade de Conde. O cantor pede no processo que o estabelecimento seja embargado, já que o réu estaria utilizando seu nome para ludibriar a população local.





Veja também:

Bruna Di Tullio vence processo e ganha indenização de R$ 53 mil de banda de forró

O empresário também se chama Roberto Carlos e deu esse nome ao seu empreendimento. No entanto, nega que tenha usado a identidade para se fazer passar pelo artista – o ‘Rei’ está no ramo imobiliário desde 2011 com a incorporadora Emoções.

Segundo o jornal “Extra”, o processo corre no Tribunal de Justiça de São Paulo. Em um trecho da decisão, o relator Fortes Barbosa indica que o nome não foi utilizado de maneira a enganar os clientes.



“O uso da expressão ‘Roberto Carlos’ não implica numa confusão necessária entre a marca da autora e o nome da ré, não havendo comprovação de que esta última tenha se utilizado, indevidamente, dos sinais gráficos da autora, não persistindo semelhança visual, o que induz a ausência de ato ilícito”, diz parte do texto.



Vale lembrar que a primeira derrota do cantor foi em 2015. O famoso, no entanto, ainda pode recorrer, em última instância, ao Supremo Tribunal Federal.