Ronnie Von revela que desenvolveu trauma após ser traído: “Tinha ânsia ao ver mulher nua”


© Jonas Tucci/ Revista Sexy


Ronnie Von revelou que sofreu muito ao descobrir uma traição na época da juventude. O cantor ficou tão abalado com a infidelidade da parceira que acabou desenvolvendo um trauma.

Veja também:

Geisy Arruda critica depilação íntima de Piovani e avisa: “Estou muito mais bonita”

“Passei uma época muito difícil quando descobri que uma namorada havia saído com todo mundo e mais um pouco. A Hebe [Camargo] me alertou, dizia para eu tirar aquela vagabunda da minha vida. Fiquei muito mal. Ela pegou todos os meus amigos! E eles, em vez de me avisar, ficaram quietos. Todo mundo se deu bem. De repente, não podia ver mulher nua que passava mal, tinha ânsia”, disse em entrevista a revista “Sexy”.

Na época, o apresentador tinha 33 anos. O veterano contou que se sentia tão mal ao lado de pessoas do sexo oposto sem roupa que achou que fosse ficar assexuado.

“Achei que estava perdido. Aí um amigo tinha um barco lindo, queria me fazer bem. Encheu de modelo e atriz, todas de topless, e eu passando mal, enjoado”, lembrou.

Desiludido, o ex-galã da Jovem Guarda passou a se relacionar apenas com mulheres casadas por medo se ser chifrado novamente. Von ressaltou que não conhecia os parceiros de suas amantes.

“Fui canalha o suficiente para me arrepender o resto da minha vida, com moças que eram casadas. Não que eu conhecesse o marido, mas quanta gente casada! Também fui traído brilhantemente. Essas histórias não me trouxeram felicidade”, admitiu.

O rival de Roberto Carlos, na década de 60 e 70, assumiu ainda que boa parte de seu repertório foi gravado contra sua vontade. “Eu sou um produto, e tenho absoluta consciência disso. Era pura e simplesmente: ‘Ronnie, grava isso aqui que isso vende’, e aquilo me doía o coração. Seguramente 85% das coisas que eu gravei foi sem querer. Tinha que obedecer a um rigor profissional que me era ‘aconselhado’, mas sempre infeliz”, revelou.



Close sidebar