Sertanejo Marciano morre aos 67 anos em São Paulo


© Instagram


Marciano morreu, aos 67 anos, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, nesta sexta-feira (18), vítima de um infarto. A informação foi confirmada pelos representantes do famoso nas redes sociais e ainda não há informações a respeito de velório e enterro.





VOCÊ VIU? Regina Volpato pede saída de Tia do “Mulheres”; entenda

Adnet causa polêmica ao cantar “Não Seja Reaça” no “Encontro

Anitta surge pela primeira vez agarradinha ao novo namorado”

Deborah Secco passa 5 horas em salão e radicaliza visual

“É com imenso pesar que, em nota, confirmamos o falecimento do cantor Marciano, o Inimitável. Em breve, divulgaremos mais informações. Nesse momento, agradecemos o carinho de todos e pedimos orações à família”, postaram.

Fabiano Martins, filho do cantor que travou uma batalha judicial contra o artista, também lamentou a notícia no Instagram, apesar da “péssima relação” que mantinha com o veterano – segundo o próprio.

“[…] Estou muito triste com essa notícia. Por mais que fossemos afastados, ele era meu pai. Morre um dos maiores cantores sertanejo desse país. E é com uma imensa tristeza que informo aos meus amigos que meu Pai sofreu um infarto fulminante nessa madrugada e foi morar com Deus. João Mineiro e Marciano ficará eternizado em nossos corações”, lamentou.

Os fãs do cantor, é claro, ficaram desolados com a notícia. “Que dia triste… nosso Marciano nos encheu de saudade e foi morar com Deus”, escreveu um rapaz. “Perda lamentável”, postou outro. Um terceiro relembrou o legado de seu ídolo: “Sou seu fã. Obrigado pelas músicas e parcerias maravilhosas que você deixou”.



Em um de seus mais recentes trabalhos, o veterano fez uma parceria com Milionário, que havia perdido a dupla, José Rico, que morreu em 2015.



Chamado de “O Inimitável”, Marciano ficou famoso por dar voz a músicas como “Fio de Cabelo”, “Crises de Amor”, “Paredes Azuis”, “Menina Escuta Meu Conselho”. Em 1970 começou a se destacar no cenário sertanejo – contudo começou sua carreira aos 16 anos cantando com João Mineiro.