“Só chora”, revela cuidadora da mãe de Jorge Fernando


© Instagram


Hilda Rebello tem tido muita dificuldade para seguir sua rotina após a morte do filho, Jorge Fernando – vítima de uma parada cardíaca. Quase duas semanas após o falecimento, a mãe do diretor, de 95 anos, tem se mantido reclusa e segue muito abalada.





VOCÊ VIU? Em crise, RedeTV! tira programa ao vivo de Luciana Gimenez

Loreto ironiza comparações ao atual namorado de Débora Nascimento

Henrique Fogaça reata casamento: “O amor falou mais alto”

Oi? Mulher de Carlos Alberto interdita banheiro de avião

“Eles se falavam todas as noites. Agora, ela custa a dormir, se deita chorando e acorda no meio da noite, dizendo estar com um vazio”, contou uma cuidadora da veterana ao jornal “Extra”.

E continuou: “Está difícil porque eles eram muito unidos. Ao ir e voltar das viagens, pedia a bênção da mãe. Ao retornar da Europa, ele disse que estava bem e iria vê-la no dia seguinte. Mas esse dia nunca chegou. Hilda chora desde então”.

A famosa foi a última pessoa a receber a notícia do falecimento do herdeiro, principalmente pela preocupação com seu estado de saúde. “O dia de Hilda se resume a tocar e olhar tudo o que remete a Jorge. Na sala, tem um quadro deles juntos, que ela fica admirando, e não larga um enfeite em forma de capela, dado por ele. Hilda vestiu neste sábado com uma blusa dada pelo filho há anos, que ele gostava de vê-la usando”, completou a auxiliadora.