Stan Lee estaria sofrendo abusos de sua filha, diz site


© Instagram


Aos 95 anos, Stan Lee estaria sofrendo abusos de sua filha, Joan Celia Lee. Além de agressões físicas e verbais, a mulher teria arrancado até dinheiro do quadrinista.





VOCÊ VIU? “BBB”: Kaysar desabafa sobre namorada que perdeu na guerra

Caio Blat deixa elenco de “Deus Salve o Rei”

Relembre os casamentos-relâmpago das celebridades

Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

Em fevereiro, o escritor teria assinado um documento em que acusa Jerardo Olivarez, Keya Morgan e Kirk Schenck – cuidador antigo, atual e advogado da herdeira, respectivamente – de tentarem tomar controle de suas posses, segundo o site “The Hollywood Reporter”.

O autor alega que os três homens teriam influenciado a mulher de 67 anos a exigir do pai mudanças em seu testamento, com, inclusive, pedidos de transferência de propriedades para seu nome.

A respeito de relatos mais antigos, a atriz teria até agredido a família em 2014. Após chegar em casa e ver um carro de luxo na garagem, a artista teria ficado revoltada quando descobriu que era apenas alugado, e não um presente dado pelos pais.



Na situação, J. C. teria jogado Joan – a mãe de 92 anos – contra uma janela e a derrubado no chão após levar uma bronca por sua reação. Já Lee, teve sua cabeça batida contra uma cadeira por ter gritado com a filha.



A loira chegava até a coagir o editor da Marvel a dar dinheiro. “Não é incomum ela pedir de 20 mil a 40 mil dólares em cartões de crédito”, disse Stan através da declaração.

Apesar das denúncias, quando soube do vazamento dos documentos, o também ator gravou um vídeo para ‘driblar’ as informações. “Minha relação com minha filha nunca foi melhor. E meu amigo Keya Morgan e eu temos uma ótima relação”, garantiu.