Suposto companheiro de Gugu afirma: “Defender nossa verdade”


© Instagram


O suposto companheiro de Gugu Liberato, Thiago Salvático, falou pela primeira vez sobre a relação com o apresentador, morto em novembro de 2019. Thiago tem 32 anos e entrou na justiça com uma ação para o reconhecimento de união estável com Gugu, já que seu nome não consta no testamento deixado por ele.





VOCÊ VIU? Com direção da namorada, Ana Carolina fará 1ª live

Manu fala sobre coronavírus e revela saudades dos avós

Programa de Pedro Bial volta à grade da Globo dia 18

Kayky Brito comemora reprise de “Chocolate com Pimenta”

“Quando o Gugu fez o testamento, em 2011, ele não me conhecia. O nosso relacionamento só terminou em razão do falecimento dele. A minha pretensão é legítima. Eu tenho a obrigação de defender a nossa relação e a verdade”, garantiu o chef de cozinha, em entrevista ao colunista Léo Dias. “Confio que a Justiça reconhecerá a união estável que mantive com Gugu”, afirmou.

Thiago revelou que contou de forma detalhada seu relacionamento com o apresentador para a ação na justiça. Segundo ele, os dois se dividiam entre o Brasil e a Alemanha, onde Thiago vive e que o relacionamento à distância funcionava, mesmo com Gugu se dedicando à carreira, aos filhos e à mãe. “Eu viajei muito ao Brasil durante esse período para nos encontrarmos. Ele também me visitava na Alemanha. E realizamos diversas viagens juntos pelo Brasil e pelo mundo. Não medíamos esforços para nos encontrar”, revelou.

“Gugu era muito reservado. Viajávamos juntos, ficávamos no mesmo quarto, fazíamos as refeições e os passeios juntos. No Brasil, eu também andava ao lado dele e frequentava todas as residências na condição de companheiro”, afirmou.



O chef também falou sobre a cumplicidade com o apresentador. “Na intimidade ele era divertido e carinhoso (…) A necessidade de preservação da intimidade e da privacidade também contribuía para momentos de angústia e tristeza. Conversávamos muito sobre isso. Quando estávamos juntos, posso declarar com muita tranquilidade e segurança que ele era feliz”, disse Thiago.