Suzana Alves defende Tiazinha: “Não reforçava ideias machistas”


© Instagram


Tiazinha, por mais que não faça mais parte da vida de Suzana Alves, ainda tem o carinho da intérprete. Por causa disso, a atriz fez questão de defender a personagem e rebater as críticas de que o papel reforçava a objetificação da mulher.

VOCÊ VIU? Nora volta a alfinetar Zilu na web: “Não sabe nem da vida dela”

Família Camargo volta a entrar em guerra e filho critica Zilu

Aos 68 anos, Chiquinho Scarpa engata namoro com jovem de 25

Gusttavo Lima vai a festa de aniversário sem aliança

“Não acredito que a Tiazinha reforçasse ideias machistas. Ela era a dominadora, a dominatrix, a super-heroína, e não um objeto. A fantasia vem de cada um querer alimentar o que tem dentro de si!”, explicou ao jornal “Extra”.

Hoje, casada com Flávio Saretta e mãe de Benjamin, de 2 anos, a artista garante que não se arrepende das escolhas de sua carreira: “Sempre usei tudo a favor do meu crescimento, e sempre aproveitei as oportunidades que Deus me deu”.

Vale ressaltar que Tiazinha completou 20 anos em 2018. A personagem ganhou vida em fevereiro de 1998.



Close sidebar