Tania Khalill e Jair Oliveira lançam espetáculo virtual


© Instagram


A atriz Tania Khalill e o músico Jair Oliveira estrearão o espetáculo virtual “Espelho meu” com participações especiais: as filhas, Isabella, de 13 anos, e Laura, de 9. O projeto infantil será exibido nos dias 17 e 18, às 16h, no canal do YouTube “Grandes Pequeninos”, administrado pelo casal.





VOCÊ VIU? Capa do livro infantil de Xuxa Meneghel é divulgada

Péricles se emociona ao levar filha para conhecer a praia

“Rancho FS”: Fernando e Sorocaba anunciam nova live temática

Ivete Sangalo e Anitta estão confirmadas no Rock in Rio 2021

O álbum visual possui 10 faixas ilustradas com animações e estimula, a partir da convivência em família, o despertar da autoconsciência nas crianças, abordando os temas de autoestima, inclusão, amor, respeito, educação, saúde, superação dos medos, criatividade e união.

Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, a atriz comentou sobre a origem do espetáculo. “Sem dúvidas, é o projeto das nossas vidas. Tudo começou como uma forma de instrução para as nossas filhas. Aqui em casa, tinha essa coisa de falar 20 vezes para elas escovarem os dentes. Descobrimos que, por meio da arte, a criança acaba entendendo muito melhor e não é preciso repetir”.

Tania contou que o segredo para conciliar vida pessoal e profissional é a harmonia. Eles estão casados desde 2005. “Começamos a trabalhar juntos com a chegada da Isabella e aprendemos a fazer funcionar. Não tem jeito, às vezes mistura mesmo. Ensaiamos todos os dias juntos. Há momentos bem ok e outros em que os humores não saem exatamente como deveriam. Mas o Jair é muito calmo, e eu também. Além disso, nos conhecemos demais como artistas. Ele, por exemplo, costuma fazer as gravações dos meus testes para trabalhos”, ressaltou.



Aos 43 anos, a atriz criou um projeto nas redes sociais chamado “Quarentonas na quarentena”, que mostra os desafios vividos pelas mulheres nesta faixa etária em meio à pandemia do novo coronavírus. “A mulher dos ‘enta’ (a partir de 40) tem um distanciamento daquela emergência da mulher de 30. Ela vê as coisas com outra qualidade, menos misturadas”, disse.



Tania e a família moram em Nova York há quase quatro anos e não pretendem voltar ao Brasil além das viagens de visita. “Não temos do que reclamar, foram ótimas oportunidades por aqui. Eu fiz comerciais e shows. Mas sinto muita falta do Brasil, da minha família, de fazer teatro, de pão de queijo e de abraços”.