Thaynara OG revela conflitos familiares durante a quarentena




O período de isolamento social não está sendo fácil para muitas pessoas. Thaynara OG resolveu falar sobre o assunto e afirmou que não consegue romantizar esse momento. A influenciadora digital revelou que passou por diversos conflitos com a família, por conta da grande convivência nessa fase de quarentena devido à pandemia do novo coronavírus.





VOCÊ VIU? Fabiana Karla torce pela criminalização da gordofobia

Larissa Manoela garante que não fará cenas de sexo em novela

Adriano Imperador critica ex-noiva: “É muito falsa”

Adriane Galisteu e Jô Soares trabalharão juntos pós-pandemia

“É estranho porque quando começou a quarentena eu estava em São Paulo. Tive crise de ansiedade. Estava muito pra baixo, triste. Quando finalmente consegui voltar [para o Maranhão], os problemas foram outros, os conflitos. A gente romantiza muito a família, mas a convivência é muito difícil. Aqui virou um grande “BBB OG”, toda semana tem um paredão. A gente se ama muito, mas temos cabeças muito diferentes. A gente pensa numa forma de discordar com mais educação para não se estressar, mas é bom que a gente vai aprendendo a conviver melhor”, explicou a celebridade digital.

Thaynara OG contou que precisou proibir os pais de saírem de casa diversas vezes. Segundo a influenciadora digital, essa questão é a que mais causou brigas durante o isolamento social. Ela disse que, depois de muitas discussões, os pais já estão mais conscientes da importância de respeitarem as recomendações médicas.

“O mais difícil é porque meus pais são muito teimosos. Eles melhoraram muito. Eu e minha irmã viramos pais dos nossos pais. Não pensei que esse momento fosse chegar tão cedo. Estamos escondendo chave de carro para eles não saírem. Sinto uma responsabilidade muito maior. Claro que tenho medo de me contaminar, mas o maior medo é porque eles são idosos e fazem parte do grupo de risco. Sinto que o peso está nas minhas costas. Minha mãe fica dizendo ‘mas a Ivanilda foi ao supermercado’, e digo ‘mas você não é todo mundo’. Ela já está vendo como é trabalhoso só receber as compras. Papai e ela estão mais comportados”, contou.