Titi Müller revela que pensou em fazer parto em casa


© Instagram


Na reta final da gestação de seu primeiro filho, Titi Müller revelou que, por conta da pandemia do novo coronavírus, cogitou fazer o parto em sua própria casa. Entretanto, a apresentadora afirmou que essa decisão não pode ser tomada por algum impulso, como o medo da Covid-19.





VOCÊ VIU? Noivo de Rodrigo Malafaia revela HIV: “Não tenha vergonha”

Ludmilla é hospitalizada com inflamação renal

Morando com a namorada, Babu revela que ainda não viu caçula

Flávia Alessandra homenageia Otaviano Costa por aniversário

“A gente nunca precisou tanto de hospital. Fico pensando no parto e como vai ser depois. Pensei, inclusive, em fazer o parto em casa para não precisar ir para o hospital, mas acho que não é uma boa motivação fazer isso baseada no medo”, contou a  esposa de Tomas Bertoniem um vídeo no canal de Karol Pinheiro no YouTube.

Titi Müller afirmou que a gestação mudou completamente a sua vida. A apresentadora também disse acreditar que essa pandemia vai causar profundas alterações na sociedade. Para a famosa, o filho Benjamin irá encontrar um mundo diferente do que conhecemos atualmente.

“Passar por isso grávida dá um foco, uma força que nem sabia que tinha dentro de mim. Cada vez que sinto ele mexer, dá uma certeza de que vai ficar tudo bem e que, no final das contas, isso tudo que está acontecendo, não é possível que não gere uma transformação muito profunda no mundo. E que o mundo que vamos entregar para eles é muito melhor do que o que a gente recebeu, ou que existia na época da concepção deles”, explicou.



Por fim, Titi Müller falou do desafio de estar grávida em meio à pandemia do novo coronavírus. Segundo a famosa, ninguém está preparado para um desafio assim.



“Gravidez por si só já é uma experiência dionisíaca. É abrir mão do controle total! Mas passar por isso durante uma pandemia é realmente saber que ninguém está preparado. Penso na ancestralidade, em todos as mulheres que pariram em situações de guerra e pandemia. Não tem muito o que fazer além de confiar no processo da vida”, acredita.






Close sidebar