Tom Veiga, o Louro José, tentou tirar ex do testamento 3 dias antes de morrer


© Instagram


Tom Veiga estava preocupado em ter Cybelle Hemínio da Costa Veiga, sua ex-mulher, em seu testamento. Por essa razão, o eterno Louro José, que foi encontrado sem vida em sua casa, no Rio de Janeiro, no dia 1 de novembro, teria confidenciado a um amigo, três dias antes de morrer, que iria tirar o nome da moça como sua beneficiária.





LEIA TAMBÉM: Paulo Gustavo dá sinais de evolução e anima equipe médica

Tratamento de Paulo Gustavo custa R$ 30 mil por dia

Internada com quadro grave, Gabi Brandt não tem previsão de alta

Fora da casa do BBB 21, Sarah diz que Viih Tube é falsa e detona: “Cobra”

De acordo com o jornal “Extra”, o artista pediu para que o homem fosse com ele até um cartório para testemunhar a alteração.

Em áudios, enviados nos dias 29 e 30 de outubro, o parceiro de Ana Maria Braga deixava claro que gostaria de resolver a questão o quanto antes. E ainda chegou a desabafar: “Pode ir lá comigo para cancelar essa bo$&@?”.

Ao ser questionado sobre o motivo de não ir no dia seguinte, 30 de outubro, ao local para resolver tudo de uma vez, Tom contou que estaria ocupado, uma vez que iria acompanhar a instalação de câmeras de vigilância em sua casa.



Em seguida, Veiga relatou que iria para São Paulo no domingo (1) e passaria uma semana na cidade. Então, assim que retornasse, resolveria a questão do testamento. Bem-humorado, ele chegou a brincar: “Fica sossegado. Não pretendo morrer esta semana, não”.



BRIGA PELA HERANÇA

Tom Veiga deixou os quatro filhos, além de Cybelle, como seus beneficiários. Segundo o documento, 50% do patrimônio ficaria com a ex e cada um dos herdeiros receberia 12,5%. No entanto, uma ação na Justiça foi aberta pelos filhos para excluir a antiga parceira do intérprete do Louro José como herdeira. Além disso, Amanda, filha mais velha de Tom, tenta conseguir legalmente o direito de ser a inventariante. Cybelle, por sua vez, também pede judicialmente para ser nomeada como a responsável pelo inventário de Tom.

Vale lembrar que Veiga e Cybelle, que engataram um romance em junho de 2019, subiram ao altar em uma cerimônia religiosa em janeiro de 2020. A dupla, porém, só oficializou a união no cartório em 21 de agosto. Com separação total de bens. Entretanto, poucos dias depois os dois se separaram.