Tony Ramos diz que Regina Duarte se iludiu com Bolsonaro


© TV Globo e Instagram


Tony Ramos comentou pela primeira vez o envolvimento de Regina Duarte com o governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Para o veterano, a colega foi iludida quando acreditou que poderia mudar algo ao assumir a Secretaria da Cultura, em 2020.

VEJA TAMBÉM: Juju Oliveira consegue cirurgião para operar seu rosto

Sabia que esses famosos não nasceram no Brasil?

Veja jornalistas que começaram na TV como atores

“Quando vi aquela notícia, como ela é uma produtora teatral, no passado produziu, interpretou e participou de peças importantes, eu falei: ‘Será que ela tem algum projeto?’. Depois, foi o que aconteceu, lamento por ela, que é uma ótima pessoa, muito boa colega, etc. Me surpreendeu. Eu acho que ela se iludiu achando que dariam a ela condições de trabalhar”, afirmou ao site “Antagonista”.

O famoso também disse não ter conversado com a atriz sobre o ocorrido por não ter tanta intimidade com ela. “Não tenho essa intimidade. Isso que também tem que ficar claro. Nem todos entre nós somos íntimos, por exemplo, como eu era com nosso querido e saudoso Tarcísio [Meira], sou de Glória [Menezes]. Tem alguns outros amigos meus que são mais íntimos, de dentro de casa.”

Sobre o negacionismo do governo, Tony Ramos avaliou: “Deixa eu te dizer uma coisa com sinceridade: eu não julgo ninguém, a não ser suas atitudes. As atitudes, eu julgo. O negacionismo com vacina, por exemplo, me deixou sempre desesperado. Eu sempre acreditei na vacina”.

O ator também aproveitou para criticar a postura das autoridades em relação à pandemia e à cultura. “Não adianta ficar falando: ‘Ah, todo mundo está sujeito a morrer’. Isso é desesperador. É desesperador quando você, há muito mais tempo, poderia ter tomado outras providências. Isso é um fato. Assim como é um fato que a cultura está jogada ao léu”, disse.



Close sidebar