Victor Chaves revela que pensou em se suicidar após acusação


© Instagram


Há três anos, Victor Chaves foi acusado de agredir a então esposa, Poliana Bagatini. Na ocasião, vídeos da câmera de segurança mostraram a empresária, que estava grávida na época do segundo filho com o cantor, no chão durante uma discussão. Passado esse tempo, o sertanejo voltou a falar do assunto e contou que pensou em se matar após a acusação.





VOCÊ VIU? Bárbara Evans revela que marido está com sintomas de Covid

Ainda internado, Babu Santana é diagnosticado com diabetes

Gabi diz que ficou com Gui Napolitano, mas descarta namoro

Grávida, Mariana Weickert testa positivo para Covid-19

“Seis dias depois do episódio quase tirei minha vida. O que me salvou foi a arte. Durante uns sete meses, tomava banho de três em três dias”, afirmou o cantor, em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo”.

Victor Chaves alega ser inocente da acusação e revelou que, atualmente, mantém uma relação amigável com Poliana, por conta dos filhos Maria Vitória e João Luiz.

“O exame de corpo de delito deu negativo. Não havia marcas de agressão. É triste Poliana dizer no depoimento que eu a joguei no chão. Na TV, aceleram o vídeo. Não dá para ver que estou arqueando o corpo para suavizar a queda dela”, explicou o cantor.



Em janeiro deste ano, Victor Chaves foi condenado pela Justiça a 18 dias de prisão, além de pagar R$ 20 mil, por danos morais, à ex-mulher. Como a condenação era em regime aberto, o cantor não precisaria cumprir a pena na cadeia. A decisão foi em 1ª instância.