Viúva de Mr. Catra revela ‘encontro espiritual’ com funkeiro


© Instagram


Silvia, a viúva de Mr. Catra, afirmou ter tido um encontro espiritual com o antigo companheiro, nesta quarta-feira (18). O famoso morreu há pouco mais de um ano, vítima de um câncer.





VOCÊ VIU? Está ficando sério! Grazi Massafera conhece mãe de Caio Castro

Anitta tentou por 3 dias terminar com Scooby antes do fim oficial

Amiguinhos do príncipe George são investigados na Inglaterra

Fontenelle manda indireta e fãs dizem ser para Eduardo Costa

“Acordei de madrugada com um pouco de falta de ar. Tomei um copo d’água e voltei a dormir. Até agora não sei se foi sonho ou realidade”, disse à colunista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”.

“Desde que o Catra morreu, essa foi a primeira vez que eu o vi. E foi tão real, como se ele estivesse em pé ao lado da minha cama”, continuou contando a ex-mulher do veterano.

Emocionada, Silvia ainda falou sobre a conversa que teve com o artista. “Ele agradeceu por estar cuidando da minha família e falou que está muito feliz porque estou tocando a carreira dos nossos filhos”, relatou.

Desde a morte do marido, a beldade tem enfrentado algumas dificuldades financeiras. No entanto, a voz de Catra será usada em uma música de Cardi B com Anitta e a carioca já prometeu que os lucros da parte dela serão todos da família dele.

  • © Instagram

    Mr. Catra era o nome artístico de Wagner Domingues da Costa. Filho de Manoel e Elza Costa, o cantor era natural do Rio de Janeiro

  • © Instagram

    Catra foi criado por Edgar e Gracy Pinaud, patrões de sua mãe e sempre falou muito bem de ambos. Em 2016, o famoso lamentou publicamente a morte do pai

  • © Instagram

    O artista teve vida confortável e educação em uma das escolas de elite mais tradicionais do Rio de Janeiro. Catra escolheu o nome artístico por causa da rua onde morava no Alto da Boa Vista, área nobre da cidade, a Rua Dr. Catrambi

  • © Instagram

    Rei do funk ‘proibidão’, Mr. Catra era casado com três mulheres e teve 32 filhos

  • © Instagram

    Além de português, Mr. Catra dizia que dominava nada menos do que outros cinco idiomas: francês, hebraico, grago, inglês e alemão

  • © Instagram

    Mr. Catra sempre levou os estudos a sério e se formou em Direito (não quis prestar o exame da OAB e migrou para a música)

  • © Instagram

    Nos anos 80, Catra era guitarrista em um grupo de rock chamado O Beco

  • © Instagram

    Em 2013, Mr. Catra entrou com o processo para adotar duas crianças portadoras do vírus HIV. “Eles são parentes de uns conhecidos meus e quando me contaram a história, eu não pensei duas vezes. Na mesma hora chamei minha mulher Silvia Regina e falei que era um presente de Deus”, contou o funkeiro ao “Uol” na época

  • © Instagram

    Mr. Catra se converteu ao judaísmo após visitar o Muro das Lamentações, em Israel

  • © Instagram

    Além do rock e funk, Mr. Catra também se arriscou no sertanejo

  • © Instagram

    Existe o projeto de um filme sobre a vida de Mr. Catra. No passado, o cantor revelou que desejaria ser interpretado nas telonas por Lázaro Ramos

  • © Instagram
  • © Divulgação

    Em abril deste ano, Mr. Catra revelou ao “SuperPop”, da RedeTV! que o câncer no estômago se desenvolveu por causa do consumo excessivo de álcool e noite sem dormir. “Eu descansava, não dormia. Agora as coisas estão retomando”, garantiu na época

  • © Instagram

    Mr. Catra descobriu o câncer no estômago no começo de 2017 e perdeu 35Kg na época em que fez quimioterapia

  • © AgNews

    Mr. Catra morreu no dia 9 de setembro, aos 49 anos, vítima de falência múltipla de órgãos, em decorrência do câncer de estômago