“Vivi período de negação”, diz Júlia Almeida sobre epilepsia


© Divulgação


Júlia Almeida revelou ter epilepsia – crises de perda da consciência, acompanhadas de convulsões – e decidiu abrir o jogo a respeito da situação. A atriz, que participará de uma conferência para comentar acerca da doença, na próxima segunda-feira (26), contou que descobriu o problema há oito anos.

VOCÊ VIU? Cleo exibe bumbum em lingerie cavada: “Pegando fogo”; veja!

Noiva defende Thammy Miranda: “Meu macho”

“BBB”: Patrícia sobre Gleici: “Parto a cara dela num soco”

Zezé di Camargo é ‘zoado’ após noiva postar foto do bumbum

Vivi um período de negação. Só agora me senti pronta para combater o preconceito. A epilepsia é um curto-circuito no cérebro que pode ser atenuado com o uso constante de remédios”, adiantou a famosa ao jornal “O Globo”.

E confessou: “Já convulsionei. Mas o que mais tenho são ausências. Fico ‘out’ por alguns segundos. Falo coisas sem nexo e depois retomo. Acontece principalmente se estou sob estresse ou dormi pouco. Passei a ter a vida mais regrada para evitar”.

Contudo, a artista ainda comentou sobre os planos para o futuro e tratamentos. “Agora, aos 35 anos, com a vida bem regrada, é que começo a pensar em engravidar. Ioga e meditação têm me ajudado”, destacou.

Júlia Almeida, vale lembrar, brilhou este ano nas telinhas como Eva em “Tempo de Amar” – trama antecessora de “Orgulho e Paixão” na faixa das 18h da TV Globo.



Close sidebar