Xuxa diz ter feito filme erótico por causa de Pelé: “Me enganaram”


© Instagram


Xuxa Meneghel falou sobre alguns assuntos polêmicos da carreira em entrevista ao programa de Eliana, no SBT, no último domingo (16). Dentre eles, o filme “Amor Estranho Amor”, de 1982, onde interpretou uma prostituta e gravou uma cena erótica com um menino de 12 anos.





VOCÊ VIU? Namorada sobre morte de Rafael Miguel: “Só queríamos ser livres”

Xuxa revela ter sido assediada por diretor da Globo: “Quatro vezes”

Internautas vibram com notícia sobre episódio do “MasterChef”

Mauro Naves pode ser demitido após vazamento de conversa do caso Neymar

“Odiei fazer. Me enganaram, falaram um monte de coisa, que era para ser feito assim, assado. Foi o único trabalho que Pelé me fez fazer, porque ele falou: ‘Faz por causa do meu amigo’. Fiz e me estrepei”, confessou.

A loira e o jogador de futebol namoraram por cerca de seis anos: “Eu fui muito apaixonada por ele. Tive que lidar com traição, com mentira, porque ele dizia que o Pelé precisava fazer certas coisas. Eu, depois de um tempo, comecei a achar que isso era normal. Quando não estava mais com ele, vi que não era normal”.

Eliana ficou intrigada. “Vocês se falam até hoje?”, perguntou. “Muito pouco, mas a gente fala quando pode”, revelou Xuxa.





  • © Divulgação

    Xuxa Meneghel nasceu em Santa Rosa, interior do estado do Rio Grande do Sul, onde viveu até seus 7 anos

  • © Divulgação

    A apresentadora começou sua carreira como modelo aos 16 anos, quando posou para a revista “Carinho”

  • © Divulgação

    Depois de sua primeira capa, a loira passou a estampar diversas revistas, até mesmo as masculinas como a “Playboy”

  • © Divulgação

    Após ter engatado um romance com Pelé, a famosa ganhou mais notoriedade e, por isso, foi contratada para trabalhar como modelo nos Estados Unidos

  • © Divulgação/TV Globo

    Aos 20 anos, Xuxa Meneghel foi convidada para estrear seu primeiro programa, o “Clube da Criança” (1983), na Rede Manchete. Na época, a apresentadora ainda trabalhava como modelo nos Estados Unidos, até que precisou decidir entre a carreira na TV e as passarelas

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 1986, após o fim de seu primeiro programa, a loira ganhou uma nova atração, o “Xou da Xuxa”, na TV Globo. Com a marcante nave rosa, a apresentadora manteve o projeto no ar até 1992

  • © Divulgação/TV Globo

    Antes do fim de “Xou da Xuxa”, no entanto, a apresentadora comandou, paralelamente, o dominical “Bobeou Dançou” (1989), na TV Globo. O programa, que inicialmente foi um quadro da antiga atração, contava com disputas entre adolescentes em gincanas

  • © TV Globo

    O “Paradão da Xuxa” é outro programa derivado de um quadro do “Xou da Xuxa”, da TV Globo. Em 1992, aos sábados, a Rainha dos Baixinhos passou a comandar a atração musical, que contava com apresentações de diversos cantores e grupos

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 1993, Meneghel passou a comandar o “Xuxa”, da TV Globo, nas tardes de domingo. O programa foi mais ‘família’ do que os outros – feitos especialmente para o público infantil. Esta atração da Rainha dos Baixinhos contava com gincanas, apresentações musicais e até entrevistas

  • © Divulgação/TV Globo

    No ano seguinte, em 1994, a apresentadora estreou o “Xuxa Park”, da TV Globo, que além de brincadeiras e atrações musicais, contava com desenhos animados. O programa fez sucesso até 2001, quando chegou ao seu fim

  • © Divulgação/TV Globo

    Em paralelo ao “Xuxa Park”, a loira comandou o “Xuxa Hits” (1995), da TV Globo. Na atração musical, a Rainha dos Baixinhos aparecia fantasiada em todos os episódios

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 1997, Xuxa Meneghel passou a comandar o “Planeta Xuxa”, da TV Globo, além de manter o “Xuxa Park”. No entanto, o programa chegou ao seu fim em 2002, quando a loira resolveu que queria se dedicar ao público infantil e sua empresária, Marlene Mattos, não gostou da ideia

  • © Divulgação/TV Globo

    A apresentadora, então, voltou ao público infantil em 2002, com o “Xuxa no Mundo da Imaginação”, da TV Globo. O programa, no entanto, não teve tanto sucesso e foi cancelado em 2004

  • © Divulgação/TV Globo

    Em 2005, a Rainha dos Baixinhos estreou o “TV Xuxa”, da TV Globo. O programa contou com duas fases. A primeira foi dedicada ao público infantil e exibia desenhos animados, gincanas, números musicais e diversos quadros de entretenimento. Em 2008, a emissora carioca reformulou a atração, que passou a ser para toda a família, sem desenhos animados e com entrevistas e convidados especiais

  • © Divulgação/TV Globo

    Ainda enquanto apresentava o “TV Xuxa”, a loira passou a comandar o “Conexão Xuxa” (2007), da TV Globo. A atração contava com artistas que disputavam em provas físicas e de conhecimentos gerais. Em 2008, vale lembrar, o programa chegou ao fim

  • © Divulgação/Record

    Após 29 anos na TV Globo, a Rainha dos Baixinhos largou a emissora carioca e foi contratada pela Record, onde estreou o “Xuxa Meneghel” (2015). O programa de variedades ficou no ar até 2016, e contava com entrevistas, convidados e reportagens especiais

  • © Divulgação/Record

    Em 2017, a Xuxa Meneghel passou a comandar o “Dancing Brasil”, da Record, uma versão brasileira do “Dancing With The Stars”. Atualmente, o programa está em sua quarta temporada e já foi renovado pela emissora de Edir Macedo