YouTube tira canal do bolsonarista Luís Ernesto Lacombe do ar


© Instagram


O canal de Luís Ernesto Lacombe foi tirado do ar pelo YouTube, nesta terça-feira (8). Apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o jornalista mantinha conteúdos negacionistas em sua página, mas o que fez com que o perfil fosse bloqueado foi a exibição de “nudez ou conteúdo sexual”.

LEIA TAMBÉM: Polícia indicia mãe de Nego do Borel por agressão à enteada de 8 anos

Silas Malafaia revela real estado de saúde de R.R. Soares

Mentor diz que viúva provocava MC Kevin com outros homens

A informação foi dada pelo jornalista Guilherme Felliti, analista de dados da Novelo Data. “Mesmo com muitos vídeos negacionistas, o canal caiu por infringir as regras do YouTube sobre nudez e conteúdo sexual”, contou no Twitter.

Há pouco mais de dois meses, Lacombe chegou a ser punido pela plataforma após publicar uma entrevista com Alessandro Loiola, também assumidamente negacionista.

No Instagram, o jornalista explicou que seu canal foi invadido por um grupo que passou a publicar conteúdo adulto. O que fez com que o YouTube tirasse o perfil do ar. “Estou aqui para avisar que meu canal no YouTube foi hackeado. […] Aparentemente, pelo mesmo grupo que atacou também o canal da Brasil Paralelo. Dois canais com conteúdos conservadores, conteúdos de direita”, relatou.










Close sidebar