Adele teme nunca mais poder cantar, diz jornal


© Instagram


Na última sexta-feira (30), Adele foi obrigada a adiar alguns shows após levar sua voz ao limite. A cantora e sua equipe estão com medo de que os danos nas cordas vocais sejam permanentes e que a britânica não consiga mais cantar.

VOCÊ VIU? Marquezine manda indireta para Neymar: “Livre, leve e solta”

Globo muda horário de gravação de Escolinha e elenco reclama

Rita Guedes é assaltada durante caminhada no Rio de Janeiro

Tony Ramos sobre anúncios para a Friboi: “Não me envergonho”

“Adele estava desesperada para fazer o tour, pelos seus fãs, e a equipe fez tudo o que podia para proteger a voz dela. As datas eram espaçadas para que pudesse se recuperar entre os shows, e ela seguiu à risca um plano elaborado por professores de canto”, explicou fonte próxima à loira ao jornal “The Sun”.





A artista sofreu uma bronquite na reta final da turnê, o que teria prejudicado ainda mais seu desempenho. Ela anunciou aos admiradores que estava “devastada” com a interrupção dos shows, mas prometeu remarcá-los.

A famosa até cogitou em dublar, mas reconheceu que jamais seria a mesma coisa: “Não seria a verdadeira eu”.

Em 2011, Adele teve uma hemorragia na garganta e precisou reaprender a cantar. Na ocasião, ela cancelou apresentações que faria nos Estados Unidos e passou por uma cirurgia.

A operação foi bem-sucedida, mas a cantora foi aconselhada a não forcar a voz, pois poderia causar um dano maior.