Após cinco mortes por abuso de drogas, prefeito proíbe festivais de música eletrônica em Buenos Aires


© Instagram


Após o registro de cinco mortes durante o Time Warp, evento alemão realizado em Buenos Aires, Argentina, neste mês, o prefeito da cidade, Horacio Rodriguez, decidiu proibir eventos de música eletrônica por lá.

Veja também:

Rita Ora rebate rumores de que seria “Becky do cabelo bom” em música de Beyoncé

A decisão já entrou em vigor e deve valer até uma nova legislação seja aprovada na capital argentina. A ideia é que esteja previsto em lei meios de prevenção do uso de drogas em demasia por parte dos jovens que frequentam shows do gênero.

Além das mortes, outras cinco pessoas foram presas durante o evento de música eletrônica, acusados de venderem drogas como LSD, cocaína e ecstasy. O evento deveria ser realizado entre os dias 15 e 16 de abril, mas o segundo dia acabou sendo cancelado.



Close sidebar