Brian Johnson explica afastamento da turnê do AC/DC e avisa: “Não vou me aposentar”


© Divulgação


Brian Johnson, vocalista da banda AC/DC, se pronunciou sobre seu afastamento dos palcos, na última terça-feira (19). O artista publicou uma carta aberta para explicar o motivo pelo qual abandonou a turnê do grupo – ele será substituído a partir do mês de maio por Axl Rose, do Guns N’ Roses.





Veja também:

Depois de show em clube de LA, Guns N’ Roses será atração no festival Coachella

Com problemas de saúde, o cantor garantiu que pensa em voltar ao grupo assim que for liberado pelos seus médicos. “Gostaria de assegurar aos fãs que não estou me aposentando. Meus médicos me disseram que posso continuar a gravar em estúdio, e tenho a intenção de fazer isso. Por ora, todo o meu foco é continuar o tratamento para melhorar a minha audição.”

O vocalista passará por mais exames para tentar, em breve, saber sobre sua volta aos estúdios: “Espero que, com o tempo, a minha audição melhore e me permita voltar para fazer shows ao vivo. Enquanto o resultado é incerto, minha atitude é otimista. Só o tempo irá dizer”.



Johnson não deixou de elogiar seu substituto de luxo e também agradeceu todo o apoio recebido por seus companheiros de banda. “Ser parte do AC/DC, gravando e cantando para milhões de fãs nesses últimos 36 anos, tem sido o trabalho da minha vida. Não consigo imaginar seguir sem fazer parte disso”, ressaltou.



O artista encerrou lembrando que vinha sentindo a surdez parcial nos últimos tempos e que foi aconselhado por seu médico a dar um tempo para cuidar apenas da saúde para não agravar sua situação.