Cantor Bruno causa polêmica ao posar com brasileiro foragido em Dubai


© Instagram


Bruno, da dupla com Marrone, desagradou boa parte de seus fãs nesta semana. Em uma viagem a Dubai, o sertanejo surpreendeu ao postar diversas fotos com Danilo Dubaiano – nome pelo qual Danilo Vunjão Santana é conhecido -, um foragido da Justiça brasileira.

LEIA TAMBÉM: Mesmo após tomar vacina contra Covid-19, Silvio Santos ainda não pretende voltar ao SBT

Príncipe Harry volta aos EUA e ‘perde’ aniversário da Rainha Elizabeth II

Atriz é condenada à prisão após tirar foto sem roupa com filho de 7 anos

Veja como ficaram esses 10 famosos após o emagrecimento!

Dubaiano tem dois mandados de prisão expedidos por aqui, sob a acusação de chefiar um esquema de pirâmide financeira com Bitcoins. Ao todo, seus clientes teriam sido lesados em mais de R$ 500 milhões.

Criticado no Instagram pelas imagens, o cantor ironizou: “Não é porque eu ando com quem bebe, que sou obrigado a andar também”.

Nos comentários, antes que eles fossem bloqueados, internautas não perdoaram a postura de Bruno. “Apoiar um cara que fugiu do País para não prestar contas e ainda rir da Justiça nas redes sociais é lamentável. Que vergonha, Bruno”, comentou um seguidor. “Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és”, acrescentou outro. Já um terceiro detonou: “Essa pandemia deve ter prejudicado o raciocínio do Bruno. Só pode”.

Segundo o jornal “Extra”, cerca de 300 pessoas foram lesadas por Danilo. O Ministério Público apontou que ele prejudicou clientes no Brasil e no exterior, movimentando quase R$ 500 milhões ilegalmente. Seus mandados de prisão foram expedidos no Rio Grande do Sul e na Bahia.

O golpe acontecia em um site de apostas esportivas. Para se cadastrar, o cliente tinha que depositar um determinado valor, com a promessa de ganhos de 30% do que foi investido. Contudo, esse lucro não era resgatado e quem ganhava mesmo eram os que estavam no topo da pirâmide.