Cantor Luis Miguel é preso nos EUA


© Divulgação


Luis Miguel foi preso na última terça-feira (2), em Los Angeles, nos Estados Unidos, após faltar às audiências de um processo movido por seu ex-empresário, William Brockhaus. O cantor teria ignorado as inúmeras intimações judiciais que recebeu.

VOCÊ VIU? Patrícia Abravanel divulga vídeo inédito do casamento

Bial quebra tradição de talk shows por problema de audição

Grazi fica íntima da namorada do irmão de Patrick Bulus

Suposto depoimento de Emilly à polícia vaza na internet

Segundo o site “PageSix”, o ex-agente entrou na Justiça contra o músico por quebra de contrato. Ao todo, foram realizadas três audiências. Todas sem a presença do famoso.

Por causa da conduta do porto-riquenho, a juíza do caso, Virginia Phillips, pediu a prisão do artista.

Ainda de acordo com a publicação, o vencedor de 5 Grammys não possui advogado para o processo e sua gravadora se recusou a comentar acerca da situação.

Após pagar fiança, Luis foi liberado pelas autoridades.

Vale destacar que em 2016 o empresário ganhou uma ação contra Miguel. Na época, William acusou o cantor de recusar um acordo de compensação para organizar seus shows, em 2012. O músico foi condenado a pagar US$ 5 milhões (pouco mais de R$ 15 milhões), mas só teria desembolsado uma parte do valor. Por esse motivo, a juíza do caso ordenou a apreensão dos bens do famoso.



Close sidebar