Cantora Rosanah perde processo contra Google e Wikipedia


© Instagram


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro recusou um recurso da cantora Rosanah Venturi Fiengo contra o Google e a Wikipedia. A artista processou os sites por avaliar que sua biografia continha informações ofensivas e equívocas.

VOCÊ VIU? Namorada de astro teen, youtuber famosa é encontrada morta

Emilly Araújo se defende de polêmica e diz que foi atacada

Fê Souza reúne ex-“Chiquititas” em sua casa: “Amo vocês”

Nick Jonas curte fotos de Bruna Marquezine na web

Segundo o site “Uol”, a veterana pedia uma indenização de 150 salários mínimos e já havia perdido a ação em primeira instância.





Uma das reclamações da famosa era referente à idade exibida pelas empresas. Em 2012, ambos afirmavam que ela teria 58 anos. Atualmente, porém, consta que a veterana nasceu em 1968 e tem 49 anos.

A desembargadora Márcia Cunha, da 21ª Câmara Cível, afirmou que a idade de Rosana havia sido tirada da base de dados do Tribunal Superior Eleitoral, já que ela se candidatou nas eleições de 2012. “A informação referente ao ano de nascimento da apelante esteja equivocada, tal fato não decorreu de culpa do segundo apelado [Google], além de, por si só, não ter o condão de causar danos à sua personalidade.”

Sobre os demais dados apresentadas na biografia, a autoridade destacou que elas já apareciam em outras fontes: “Frise-se que as publicações contidas no site do segundo apelado não são falsas ou ofensivas à privacidade da apelante, sendo certo que foram obtidas através de entrevistas que a própria concedeu a veículos de comunicação”.