Chamado de pedófilo, Caetano Veloso vence processo na Justiça


© Instagram


Alvo de uma campanha com a hashtag “Caetano Pedófilo” nas redes sociais, Caetano Veloso ganhou o direito de ser indenizado em R$ 120 mil.





VOCÊ VIU? Joelma comenta situação atual de Ximbinha: “É de dar dó”

Ex-vocalista do Timbalada se pronuncia após flagra na rua

Filho acusa Alex Escobar de abuso e ameaça suicídio

Phellipe Haagensen tenta justificar assédio: “Estava carente”

Segundo o jornal “O Globo”, a 9ª Câmara Cível do Rio de Janeiro determinou que o criador do movimento pague o valor.

Os desembargadores entenderam que com o movimento para que internautas praticassem “assédio virtual”, Flávio Azambuja Martins “agiu de forma perversa, causando um dano de extensão inimaginável”.

A Justiça ainda reiterou que o artista não tem conduta de criminoso praticando pedofilia.

Vale lembrar que o blogueiro acusou o famoso por causa do relacionamento dele com Paula Lavigne, que começou quando ela tinha 14 anos.