Condenado por tráfico, DJ do Baile de Gaiola é preso no Rio


© Instagram


Rennan da Penha se entregou à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), na última quarta-feira (24), após ter sido condenado por associação ao tráfico de drogas. O DJ do Baile de Gaiola foi encaminhado para a 37ª DP, onde foi cumprida a prisão.





VOCÊ VIU? Jornalista perde vaga na Globo após filha ganhar cargo no governo

Amiga revela como Yasmin Gabrielle teria tirado a própria vida

Após pai entregar suposto namoro, filho de Faustão janta com Sophia Raia

Pato e Rebeca Abravanel se batizam em igreja evangélica de SP

Direto da delegacia, o músico negou as acusações. “Me acusam de olheiro, que dava informações por onde a polícia passava naquela comunidade. Mas foi um mal-entendido devido que todo mundo se comunica na comunidade. Toda vez que tem uma operação todos os moradores se comunicam, entendeu? Colocaram isso como se fosse atividade do tráfico”, disse ao “G1”.

Dias antes de ser declarado culpado, o artista foi flagrado cumprimentando criminosos. O vídeo foi exibido pelo “Fantástico”, da TV Globo, no fim de março.

De acordo com os investigadores do caso, o famoso agia como olheiro. Ele avisava os traficantes da presença de policiais na comunidade de Vila Cruzeiro.



Vale lembrar que Rennan é um dos idealizadores do Baile de Gaiola. O evento já chegou a receber mais de 20 mil pessoas em uma única edição no ano passado.