Crianças roubam a cena em dia de rock pesado




Aquela máxima de que show de rock não é lugar de criança ficou no passado. No primeiro dos três dias de metal, o Rock in Rio foi “invadido” por dezenas de roqueiros mirins ávidos pelo primeiro show do Metallica neste sábado (19).

“Passei três anos tentando convencer minha mãe a me trazer”, contou Victor Hugo, de 13 anos, animado e orgulhoso de estar no festival.

O pai do garoto, Luis Rocha, queria ter visto o show da banda favorita da família na edição de 2013, mas a esposa vetou a presença das crianças no evento. “Eles são fãs de rock desde pequenos. Usei todos os argumentos que tinha e não rolou. Hoje veio todo mundo”, comemorou o carioca que também levou o caçula da casa, Luis Felipe de oito anos.

Matriarca dos Rocha, Erila Ávila ficou com medo de trazer os herdeiros para o festival por causa de tumulto. Após conferir o ambiente da Cidade do Rock no RIR 2013, a loira aceitou voltar com os filhos para atender o desejo dos homens da casa.

“Da outra vez, achei tudo muito tranquilo e percebi que poderiam trazê-los sem problemas. Agora está todo mundo feliz e já resolvemos voltar em 2017”, afirmou.

Rocha quer mais. O veterano pretende levar os filhos para ficar o mais próximo do Palco Mundo possível para participar das rodas de pogo. Será que Érica aprova a ideia? “Ele pode ir. Vou ficar com as crianças um pouco mais atrás”, disse rindo baixinho.



Close sidebar