Donas se pronunciam após briga com Lexa na Parada LGBT


© Instagram


As integrantes do grupo Donas se pronunciaram a respeito da confusão com Lexa na Parada LGBT de São Paulo. Pelo Instagram, nesta terça-feira (25), as artistas afirmaram que foram agredidas pelos funcionários da cantora.  





VOCÊ VIU? Cirurgias plásticas podem ter ‘ajudado’ gravidez de Marília Mendonça

Ludmilla imita Rihanna e fãs não esquecem: “Atualização do meme”

Bruna Marquezine reclama de fã ‘invasiva’: “Pede, por favor”

Filho de Luciano Huck está estável após afundamento de crânio

“Nossa questão nunca foi com a Lexa e sim com a equipe. Não ataquem sem saber, a verdade sempre aparece”, disse uma das meninas.  

E continuou: “Já estava acordado com a produção do evento da Parada que o camarim seria dividido entre Donas, Fantine Thó e Lexa. Um dos produtores da Lexa enviou uma mensagem para o nosso empresário dizendo que o camarim seria só para a Lexa”. 

A beldade ainda afirmou que tudo já havia sido acordado antes do evento. “Em algum momento, o produtor dela falou que teríamos que sair porque o camarim era exclusivo da Lexa. Nosso empresário não aceitando isso disse que não íamos sair de lá, que estava acordado com a produção da Parada a divisão”, destacou.  

“Estávamos esperando nosso momento de fazer o show, a mãe da Lexa desceu com a produção e veio com o celular em mãos para fazer um Stories, já bem alterada. Em nenhum momento ela perguntou como a gente estava, deu boa tarde”, continuou.  

Ainda no vídeo, a moça ressaltou que o clima ficou bastante pesado nos bastidores da manifestação. “Logo depois que elas saíram na gritaria, a equipe dela jogou água na gente, agrediu nosso empresário. O negócio ficou sério lá dentro. Não rolou nenhum respeito, ele veio para agredir a gente. Ele passou por cima das meninas. Assim mesmo subimos e fizemos o nosso show”, completou.