Ex-segurança de Arlindo Cruz quer R$ 100 mil de indenização


© TV Globo


Arlindo Cruz está sendo processado por um ex-segurança que pede R$ 100 mil de indenização por direitos trabalhistas. Ocimar de Souza Barbosa afirma que trabalhou para o sambista entre 2011 e 2014 sem carteira assinada.

VOCÊ VIU? Mr. Catra processa Val Marchiori por danos morais

Segundo o jornal “O Dia”, o rapaz prestava serviço para a Lado A, Lado B Produções Artísticas Ltda – que pertence ao cantor. Além de não ter seu fundo de garantia depositado, Barbosa nunca recebeu 13º salário e nenhum valor referente às férias.

A primeira audiência foi realizada no último dia 16 de agosto. Na ocasião, o juiz Bruno Andrade de Macedo reconheceu o vínculo empregatício do ex-segurança.

Arlindo, por sua vez, ignorou solenemente a Justiçã. Não compareceu ao tribunal e não enviou nenhum representante de sua empresa para tentar resolver o problema.